A volta de Leandro Donizete ao time titular do Atlético-MG foi em grande estilo. Depois de começar no banco na derrota para o Internacional, na quinta-feira passada, o volante, apelidado de “General” pelos atleticanos, foi escalado na vaga de Rafael Carioca, poupado em decorrência de rodízio por desgaste. E foi de Donizete o primeiro gol do Alvinegro na vitória deste domingo sobre a Ponte Preta por 3 a 0, no Independência (confira no vídeo acima).

Resultado marcou o fim do jejum de sete jogos do Galo sem triunfar no Campeonato Brasileiro e tirou a equipe do Z-4 da competição.- Muito feliz pela minha atuação, pela entrada da bola e o
passe do gol, ainda mais pela equipe.

Marcelo falava para marcar muito, para roubar demais, não dar
brecha pra equipe deles. O time está crescendo na hora certa.

A gente precisava
destes três pontos, estava incomodando demais uma equipe com a qualidade que a
nossa têm, ficar sem vencer sete jogos. Não pode.

Tenho certeza que agora
vamos dar sequência e buscar mais uma vitória na quarta-feira – disse o meio-campo no fim da partida.LEIA TAMBÉM:>>Atuações: Cazares dita o ritmo e se destaca; Donizete marca e vai bem >> Confira como foi o jogo em Tempo Real>> Veja a classificação atualizada do Campeonato BrasileiroEsse foi o terceiro gol do meio-campo em 210 jogos com a camisa alvinegra.

Com o tento marcado diante da Ponte, o volante voltou a balançar as redes adversárias depois de três anos. O último gol dele foi em abril de 2013, na vitória do Atlético-MG sobre o Tombense por 2 a 0, pelo Campeonato Mineiro.

Antes disso, Leandro marcou na goleada do Galo sobre o América-MG por 5 a 2, também pelo Estadual daquele ano.  Neste domingo, o volante também deu assistência para o terceiro gol atleticano sobre a equipe de Campinas.

A atuação de Donizete foi exaltada pelos torcedores, no estádio. Ao final do jogo, Donizete também comentou sobre o rodízio no meio-campo do Galo.

– A torcida apoia, não tem o que falar. Mas o Marcelo tinha me poupado ali, todos
os volantes que estavam correndo demais e sendo sobrecarregados.

Fazer o papel
de volante ali e marcar estava difícil, mas eu descansei e fiquei tranquilo. Ele me colocou de volta ai.

Graças a Deus fazendo um grande jogo, e a equipe
está de parabéns.Com o objetivo de subir na tabela no Brasileiro, o Galo terá mais três jogos em Belo Horizonte.

Depois da Ponte Preta, o Atlético-MG vai enfrentar o Corinthians, quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), no Mineirão. Na sequência, na condição de visitante, o Alvinegro encara o América-MG, no próximo domingo, no Horto.

No dia 30, o Galo recebe o Botafogo, em jogo programado também para o Independência. Os jogadores voltam aos treinos na tarde desta segunda-feira, na Cidade do Galo.

.

Fonte: Globo Esporte