O ataque do Atlético-MG vai ganhar, pelo menos, três opções
para as duas próximas decisões. Se Clayton, a partir de agora, pode
atuar nas oitavas de final da Taça Libertadores, o atacante Hyuri deverá ganhar condições para, ao
menos, ficar no banco de reservas contra a URT, no próximo sábado,
no Independência, pela segunda partida das semifinais do Campeonato Mineiro.Hyuri ficou duas semanas fora da equipe por causa de uma
pancada na panturrilha direita, sofrida no treinamento.

O último jogo de Hyuri foi
o clássico contra o Cruzeiro, no último dia 27 de março. Na próxima semana, o Atlético-MG entra em campo pela partida
de ida das oitavas de final da Libertadores.

Clayton e Carlos Eduardo podem entrar em campo no
torneio continental, já que serão inscritos na competição para as oitavas. Mas o recém-contratado jogador do Galo não deve estar nessas duas partidas ainda.

O clube ainda pode fazer mais uma alteração para as oitavas.LEIA MAIS>>> Só uma “tragédia” tira o Racing do caminho do Galo nas oitavasQuem também deve voltar ao time é o atacante Carlos.

O
jogador se recuperou de cirurgia no ligamento do tornozelo direito, que o tirou
de combate por três meses. No último dia 14, Carlos entrou no duelo contra o
Melgar, e ficou em campo apenas 15 minutos.

Marcou um gol e saiu após uma
entorse no mesmo tornozelo. Carlos ficou fora da partida contra a URT, mas deve ficar
à disposição do técnico Diego Aguirre para os confrontos decisivos contra o
time de Patos de Minas e pelas oitavas de final da Libertadores.

Outra novidade, mas para depoisQuem pode figurar entre os atletas relacionados para o segundo duelo das oitavas de final da Libertadores, já que o jogo da volta pode ser entre os dias 2, 3 ou 4 de maio, é o lateral Patric. Escalado como atacante pela esquerda, Patric está recuperado da artroscopia no joelho direito e iniciou as corridas no campo.

A expectativa é que ele comece a treinar com o grupo na próxima semana.
.

Fonte: Globo Esporte