O Atlético-MG vai para 11 dias de decisões com o
departamento médico quase vazio. O que indica que a partir de agora as opções
para o técnico Diego Aguirre modificar o time aumentam consideravelmente.Apenas o atacante Luan, que passou por cirurgia no joelho
direito, está fora de combate.

O lateral Patric, que também se recupera de intervenção cirúrgica
no joelho direito, faz corrida ao redor do campo. Ele deve ser liberado na
próxima semana para aprimorar a parte física no gramado e, posteriormente,
treinar com o grupo.

LEIA MAIS>> Em terceiro encontro no ano, Atlético-MG e URT definem 1º finalista do Estadual>> Conversa e bola parada: Galo pronto e atento para semifinal contra a URT>> Um dia após ser operado, Luan manda recado: “Espero voltar em breve”O Atlético-MG terá à disposição o atacante Hyuri, já para o
duelo contra a URT, neste sábado, às 16h (de Brasília), pelo jogo de volta das
semifinais do Campeonato Mineiro. O jogador estava ausente nas últimas três
semanas por conta de uma pancada na panturrilha direita.

O goleiro Giovanni, que sofreu fraturas na face e passou por
cirurgia, também já deixou o departamento médico e já treina com o grupo. Ainda
não faz os trabalhos específicos com os goleiros, mas já faz corrida e treina a
parte física no gramado.

O atacante Carlos, que já tinha voltado ao time no duelo
contra o Melgar, do Peru,  e retornou
para o departamento médico após sofrer entorse no tornozelo direito, ficando
ausente do jogo contra a URT, voltou aos treinos e foi relacionado para o
segundo jogo da semifinal do Estadual.
.

Fonte: Globo Esporte