Se o Atlético-MG precisa reencontrar o caminho das vitórias,
o Horto pode ser o principal atalho. Nos próximos seis jogos que o time fará no
Campeonato Brasileiro, o estádio será o palco de cinco deles. A saga no Horto começa neste domingo, às 16 (de Brasília),
contra o maior rival, o Cruzeiro, em jogo da sétima rodada da competição.

Depois desta partida, o Atlético visitará o Internacional, no Beira-Rio. Em seguida, começará a série de partidas em casa.

Primeiro será a Ponte Preta, dia 19, no primeiro jogo do time às
11h (de Brasília). Três dias depois, o Corinthians, às 21h45 (de
Brasília).

O América-MG, mandante no dia 26, será o adversário às 16h
(de Brasília) e, por fim, o Botafogo, no dia 29, em partida ainda sem definição de horário.LEIA MAIS>>> Atlético-MG faz proposta para contratar zagueiro equatoriano>>> Para evitar mais baixas, Galo fica de olho em cartões amarelos “juvenis”Galo no Independência em 2016:17 jogos10 vitórias3 empates4 derrotasApesar do Independência ser o local da única derrota do time
na competição (3 a 0 para o Grêmio), foi lá que o time conquistou a única
vitória: 1 a 0 sobre o Santos.

O time ainda empatou por 1 a 1 com o Fluminense,
na estreia do técnico Marcelo Oliveira no comando do time em casa.Com sete pontos em 18 disputados, o Atlético-MG ocupa a
14ª colocação na tabela de classificação.

Os tropeços na competição fizeram a equipe se aproximar perigosamente da zona do rebaixamento, já que ficou a apenas dois pontos do primeiro dentro do Z-4, o América-MG. Antes, acostumado a ter o Independência
como forte aliado, o clube perdeu a força na temporada, como mandante no
estádio.

No Mineiro, o time fez oito jogos no Independência e venceu
quatro, empatou uma e perdeu três. Na Libertadores, o time manteve o bom
retrospecto e venceu todos os cinco jogos que fez no Horto.

Na Primeira Liga, empatou
no único jogo que fez no Independência.
.

Fonte: Globo Esporte