O bom trabalho feito no Atlético-MG nas últimas temporadas, quando o time vem brigando sempre nas cabeças do futebol brasileiro e conquistando títulos, colocou o time mineiro como destaque. O resultado disso é a grande quantidade de jogadores lembrados para a seleção brasileira e também para os selecionáveis de outros países, como Argentina, Equador e Venezuela.Nesta terça-feira, o goleiro Uilson e o lateral-esquerdo Douglas Santos retornam ao clube após defenderem o Brasil na campanha do inédito ouro olímpico, conquistado no último sábado, ao bater a Alemanha, no Maracanã.

Se eles voltam, três estão de saída para defender suas seleções. Rafael Carioca (Brasil) e Pratto (Argentina) vão defender seus países pela primeira vez, enquanto Rômulo Otero (Venezuela) já foi convocado outras vezes.

+ Rafael Carioca é convocado na primeira de lista de Tite+ “Sonho de criança”: Carioca dedica convocação para a Seleção à avó+ Marcos Rocha mira a Copa do Brasil e vê lição em eliminação de 2015A convocação dos jogadores reflete no ânimo e na motivação dos companheiros. Como é o caso de Marcos Rocha, que já vestiu a amarelinha e ressalta a importância do trabalho que é feito pelo Atlético-MG.

– A gente fica bastante feliz, primeiramente pela conquista do Uilson e do Douglas e agora a convocação do Rafael Carioca. Ele tem bastante qualidade.

É sinal de que o Atlético-MG está fazendo um grande trabalho. Tem que parabenizar o Atlético-MG, pelos jogadores do elenco, ao treinador, pelo trabalho que vem sendo desenvolvido.

O fato de o Atlético-MG brigar sempre na parte de cima da tabela atrai a atenção e, de acordo com Rafael Carioca, pode abrir as portas para outros companheiros serem convocados para defender o Brasil.- A gente fica feliz.

Com o time brigando pelo título as coisas melhoram. Costumo dizer que o time que está brigando pelo G-4, é natural as pessoas olharem mais.

Hoje o nosso time vem numa crescente boa. Estamos brigando pelo título.

O treinador procura saber quem são os jogadores, porque o time está se destacando. A gente mantendo um bom nível até o final do ano, brigando pelo título, mais jogadores podem estar lá.

Para os jogadores que não estão na convocação agora, mas se seguirmos brigando pelo título, as coisas vão ficar transparentes.Hoje o nosso time vem numa crescente boa.

Estamos brigando pelo título. O
treinador procura saber quem são os jogadores, porque o time está se
destacando.

A gente mantendo um bom nível até o final do ano, brigando
pelo título, mais jogadores podem estar lá (na Seleção).Os elogios ao clube também vieram de Marcos Rocha, que destacou o que o Atlético-MG vem fazendo pelos atletas para que eles possam render 100% dentro de campo e serem lembrados pelos treinadores das seleções nacionais.

– 100% a participação do clube. O clube paga em dia, tem uma estrutura maravilhosa, que já foi eleita a melhor do Brasil, te dá todo trabalho para que você ´possa desenvolver o melhor dentro de campo.

O Atlético-MG vem fazendo o melhor para que os jogadores façam tudo dentro de campo. O Atlético-MG tem 100% de parcela de tudo que vem acontecendo na nossa carreira – completou o lateral.

A lista poderia ser ainda maior de convocados. Erazo e Cazares, presenças constantes nas listas do Equador, estão machucados e por isso não apareceram na última convocação.

Pratto, Otero e Carioca podem desfalcar o Atlético-MG contra o Vitória, por causa dos compromissos com suas seleções. O clube tenta alterar a data do jogo para poder contar com todos os atletas e já fez o pedido à CBF.

.

Fonte: Globo Esporte