O meia Carlos Eduardo não ficou em cima do muro. Além de
admitir a culpa pela fraca passagem pelo Flamengo, em 2013 e 2014, ele quer dar a volta
por cima da carreira no Atlético-MG. Depois de rescindir com o Rubin Kazan, da
Rússia, o jogador assinou até dezembro de 2017 com o Galo.

 Carlos Eduardo revelou o motivo por ter escolhido o time mineiro depois de passar também pelo Hoffenhein, da Alemanha.- Todo mundo sabe que o Atlético é um grande clube.

Que vem
se destacando. Com grandes jogadores.

Isso não é novidade. E estou feliz de
estar aqui e espero me adaptar o mais rápido.

 LEIA TAMBÉM:>> Médicos do Atlético-MG decidem tratamento de Luan nesta semana>> Táchira ou Nacional: caminho do Galo na Libertadores começa a ser traçadoAos 28 anos, Carlos Eduardo mostrou maturidade ao admitir
erros que não deixaram a carreira decolar, depois de ser apontado como joia da
base do Grêmio.- Não tive uma passagem boa pelo Flamengo.

Não me cuidei
bem, mas também uma lesão grave no joelho. Saí do Flamengo e voltei para a
Rússia e joguei contra vários clubes.

A estrutura do Atlético é de clube
europeu. E tenho certeza que vou fazer um bom trabalho.

O jogador está sem atuar há quatro meses. Após a paralisação do campeonato russo por causa do inverno, na virada do ano, o meia não jogou mais pelo Rubin Kazan.

Carlos Eduardo explicou que vinha treinando em
Porto Alegre em período integral e que surpreendeu a todos no Galo após os
exames físicos.- Ficou um grande período de negociação entre o clube russo.

Eles tinham pendências comigo. Passou as minhas férias e comecei a treinar
muito forte.

Desde então estou mantendo. Treino duas vezes por dia, muita
corrida e funcional.

Cheguei aqui e todo mundo me elogiou. Então vai ser mais
fácil me condicionar.

Ele acredita que renderá mais pelas pontas, já que sempre se
destacou atuando pelos lados.- Eu era ponta, na verdade.

Bem aberto. Tinha muita
velocidade.

Mas perdi essa velocidade por causa da lesão (no joelho). Jogo por dentro, centralizado, mas tenho um pouco de dificuldade de jogar por ali.

Por fim, Carlos Eduardo elogiou o atual grupo atleticano e
espera, enfim, retomar o crescimento da carreira.- A gente vê a qualidade dos jogadores que estão aí.

O
Robinho, com quem pude jogar na seleção, o Victor também, tem o Dátolo..

. Tem muitos
jogadores de qualidade.

Pretendo dar meu máximo aqui. Levantar de novo na minha
carreira, que deu uma caída.

Mas sou muito novo, tenho 28 anos ainda.
.

Fonte: Globo Esporte