Coitado daquele que demorou a entrar no Mineirão. Coitado
daquele que xingou Cazares nas redes sociais pelo fato de ter feito poucos pontos
no CartolaFC, na última rodada. E coitado do Botafogo.

O time carioca bem que
tentou endurecer para o Atlético-MG, mas encontrou um equatoriano inspirado.LEIA MAISVEJA A TABELA COMPLETA DO BRASILEIRÃOVEJA COMO FOI O TEMPO REAL DO JOGOCom isso, o placar de 5 a 3 foi o reflexo.

Com dois gols, um
sendo logo aos 12 segundos de jogo (o mais rápido do clube na história da
competição e que fez quem estava entrando no estádio comemorar sem ter visto) e
duas assistências, Cazares comandou o Galo na quarta vitória seguida no
Campeonato Brasileiro. É ele o responsável direto pela recuperação do time da
competição, ao sair da 18ª posição e subir para a sétima colocação, com 19
pontos.

Robinho e Fred também balançaram as redes, mas, apesar dos nomes,
foram apenas coadjuvantes no show do equatoriano. Carlos fechou a conta.

O Botafogo ainda pode reclamar de dois impedimentos mal
marcados pela arbitragem. E ainda lamentar as chances desperdiçadas por Ribamar
e Camilo.

Mas fez três, sendo um de pênalti, com Sassá, e os outros com Gervásio e Bruno Silva. Mas a
qualidade técnica dos jogadores atleticanos fizeram a diferença no Mineirão.

A
derrota mantém o time carioca na zona de rebaixamento, na 18ª posição, com 12
pontos.Na próxima rodada, o Galo vai a Florianópolis, no domingo,
onde encara o Figueirense, às 19h (de Brasília), no Orlando Scarpelli.

Já o
Botafogo recebe o Santa Cruz, em Juiz de Fora, no domingo, às 16h (de
Brasília), no Mário Helênio.
.

Fonte: Globo Esporte