O Horto é do América-MG neste Campeonato Mineiro. O time fez
valer a condição de mandante e conseguiu inverter a vantagem que o Atlético-MG
tinha de dois resultados iguais. O triunfo deste domingo por 2 a 1, no Independência, faz com que o Coelho jogue
pelo empate no Mineirão, no próximo domingo.

Com dois gols de Danilo – que substituiu Tiago
Luís, que saiu machucado, ainda no primeiro tempo -, contra um de Pratto (veja no vídeo acima), o Coelho mostrou quem manda
no estádio onde o Galo também costuma mandar os jogos. Foi a terceira partida
entre os dois times no ano (uma pela Primeira Liga ) e o América-MG não sabe o
que é perder para o Atlético-MG no Independência.

Dois empates por 1 a 1 e o
triunfo no primeiro jogo das finais do Mineiro.LEIA MAISConfira como foi o Tempo Real da partidaO técnico Diego Aguirre não feliz na proposta que tinha para
a partida.

Deixou Lucas Pratto e Cazares no banco e escalou Patric. De olho no
Racing, quarta-feira, pelas oitavas da Libertadores, o treinador tentou poupar,
mas viu o time sair de campo bem desgastado por ter corrido atrás do resultado
desde o primeiro tempo.

O América-MG aplicou no Atlético-MG a receita que havia
feito sobre o Cruzeiro. Deixar o adversário com a posse de bola e tentar
conseguir um gol no primeiro tempo.

A aposta deu certo para o time de Givanildo
Oliveira, que em um contra-ataque viu a bola sobrar para Danilo driblar Marcos
Rocha e soltar a bomba.Mais dois golsLogo no início do segundo tempo a história se repetiu.

Danilo recebe novamente livre pela esquerda e soltou a bomba. A bola ainda
desviou em Marcos Rocha e enganou o goleiro Victor.

Delírio da torcida
americana. Frustração do lado alvinegro, que pedia raça e se indignava ao ver o
time em uma tarde ruim.

Dúvida antes do jogo, o goleiro João Ricardo mostrou porque
vive grande fase, chegando a ser cobiçado pelo São Paulo. Nos minutos finais,
Robinho teve a chance de diminuir o placar em cobrança de pênalti.

O atacante
do Galo cobrou e camisa um do Coelho fez grande defesa.

Mas o Galo tem Lucas Pratto.

No último lance da partida, o
argentino acertou um chute no canto de João Ricardo e deixou o time alvinegro
mais vivo do que nunca na briga pelo bicampeonato estadual.
.

Fonte: Globo Esporte