O lateral-direito Fagner, do Corinthians, e o volante Rafael
Carioca, do Atlético-MG, têm grandes chances de serem convocados nesta
segunda-feira, na primeira lista de Tite para a seleção brasileira. Ambos foram
observados de perto pela nova comissão técnica da CBF ao longo dos últimos dois
meses. Eles podem, inclusive, não ser as únicas novidades entre os 23 jogadores
que enfrentarão Equador e Colômbia, nos dias 1º e 6 de setembro, pelas
eliminatórias da Copa do Mundo de 2018.

A maior parte da observação feita por Tite se concentrou no
futebol brasileiro, já que as principais ligas europeias voltaram recentemente
das férias. Em quase dois meses de trabalho, o novo treinador da Seleção
dialogou com dezenas de colegas de trabalho, inclusive alguns no exterior, para
colher informações sobre os atletas.

O maior ritmo de jogo pode favorecer alguns jogadores de
clubes do país em sua lista. Fagner e Rafael Carioca se encaixam nisso.

O
lateral-direito é velho conhecido, foi treinado por Tite em sua última passagem
pelo Corinthians, e esteve na pré-lista de Dunga para a última Copa América,
que acabou causando a demissão do ex-técnico.O volante do Galo, por sua vez, foi observado in loco pelos
auxiliares Cleber Xavier e Matheus Bachi em mais de uma oportunidade durante o
Campeonato Brasileiro.

Tite anuncia às 16h desta segunda-feira a convocação. A CBF
não foi autorizada pela Fifa a adiar em uma semana a divulgação dos nomes.

O
técnico e o coordenador Edu Gaspar não gostariam de fazê-la em meio à
Olimpíada, receosos de que isso pudesse causar algum transtorno no grupo
comandado por Rogério Micale.

Na próxima quarta-feira, Brasil e Honduras
disputam, no Maracanã, a semifinal olímpica.

Entre os 18 convocados para os
Jogos, Neymar é a única certeza na lista de Tite, mas há outros fortes
candidatos, como o zagueiro Marquinhos e o meia Renato Augusto.
.

Fonte: Globo Esporte