A votação para saber qual zagueiro de qualidade custará apenas C$ 5 na primeira rodada do Cartola FC de 2016 reúne defensores que marcaram gols e que tomaram poucos cartões. Mas dos cinco concorrentes, apenas um estará na promoção da abertura do fantasy game do futebol brasileiro. Os candidatos são Bruno Rodrigo, do Cruzeiro; Fred, do Grêmio; Gustavo Henrique, do Santos; Luccas Claro, do Coritiba; e Vitor Hugo, do Palmeiras.

 Clique aqui e vote no zagueiro que será o bom e barato na temporada 2016 do Cartola FCO cartoleiro também pode votar para escolher o goleiro (clique aqui) e o lateral (clique aqui) bom e barato da primeira rodada do Cartola. É importante que o voto seja feito com responsabilidade, pois o
vencedor pode servir para ser escalado no seu time.

A primeira rodada do Campeonato Brasileiro está marcada para começar 14 de maio. O mercado do fantasy
game abre no dia 2 de maio.

Nos próximos dias, serão lançadas as enquetes para meio-campistas e atacantes, que terão dois vencedores. Todos os jogadores das votações de “bom e barato” não estarão sendo avaliados no Programa do Cartola especial com a
precificação feita ao vivo, no dia 25 de abril, e normalmente custariam mais
pela sua qualidade técnica e potencial de boa pontuação no game.

Uma das apostas para o “bom e barato” entre os zagueiros é Bruno Rodrigo, de 31 anos, e que defende o Cruzeiro desde 2013. Embora não tenha balançado as redes adversárias nenhuma vez no Brasileirão 2015, o defensor também não desfalcou sua equipe por cartão vermelho.

Entretanto, foi penalizado cinco vezes com cartões amarelos. Outras informações importantes a seu respeito são as 22 roubadas de bolas e os cinco jogos sem sofrer gols.

Bruno jogou pelo Cruzeiro em 22 jogos na competição. Revelado pelo Internacional, com passagem pelo futebol belga, Fred chegou ao Grêmio em janeiro deste ano.

No Brasileirão de 2015 defendeu o Goiás, onde obteve um alto índice de gols apesar da posição de zagueiro: foram sete em 32 jogos. O jogador de 30 anos também chamou atenção da diretoria gremista pelo baixo número de cartões: nenhum vermelho e apenas três amarelos.

A zaga esmeraldina ficou nove partidas sem sofrer gols com ele em campo. O defensor roubou 31 bolas durante a competição.

Gustavo Henrique é o mais jovem dentre os concorrentes. Possui apenas 23 anos.

Revelado pelo próprio Santos, em 2011, o zagueiro também briga para ser eleito o “bom e barato” e custar apenas C$ 5 na primeira rodada do Cartola FC. No Brasileirão de 2015, Gustavo levou quatro cartões amarelos e um vermelho.

Atuou em 20 jogos, sendo que, em oito com ele em campo, o Peixe não sofreu gols. O defensor roubou 14 bolas.

O zagueiro Luccas Claro, do Coritiba, é outro que não foi expulso nenhuma vez no Brasileirão de 2015, mas, em contrapartida, recebeu amarelo em cinco oportunidades. Revelado pelo próprio Coxa em 2011, o defensor de 24 anos atuou em 15 jogos na edição do ano passado e ficou cinco jogos sem sofrer gols.

Claro roubou a bola 23 vezes.Vitor Hugo, do Palmeiras, é o segundo zagueiro que mais balançou as redes dentre os que concorrem nesta votação.

Foram quatro gols. O que também chama atenção nos seus dados é o baixo número de cartões: nenhum vermelho e três amarelos.

Com Vitor em campo, o Alviverde ficou sem tomar gol em sete partidas. Foram também 32 bolas roubadas em 30 jogos que esteve em campo.

.

Fonte: Globo Esporte