O Atlético-MG terá 20 jogadores à disposição para o jogo contra o Independiente del Valle, na quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), pela Libertadores. No entanto, o grupo deixou Belo Horizonte, na manhã deste domingo, com apenas 18 atletas. Isso acontece pois o zagueiro Erazo e o meia Cazares já estão no Equador.

Após defender a seleção equatoriana, na semana passada, pelas Eliminatórias da Copa 2018, a dupla permaneceu em Quito, com autorização da comissão técnica do Galo. LEIA TAMBÉM:>> Robinho dá show na goleada do “Galemanha”; confira o PacotãoOs preparadores físicos do Atlético-MG enviaram a programação de treinos para os dois trabalharem nos últimos dias.

O Galo teve apoio de um integrante da comissão técnica da seleção equatoriana, que supervisionou as atividades de Erazo e Cazares. O meio-campo utilizou a conta dele no Instagram para mostrar como tem sido feito o trabalho longe da Cidade do Galo.

– Treinamento com meu irmão. Muito físico.

Sessão de treinamentos terminada. Bom descanso.

Amanhã seguimos treinando. Que gostoso é estar em seu país –  postou escreveu Cazares na rede social.

O técnico Diego Aguirre justificou a decisão de liberar os jogadores dos treinamentos em Belo Horizonte com o objetivo de evitar o desgaste da dupla com a longa viagem.- Foi uma decisão que achamos que era o melhor, planejada.

Os jogadores tiveram viagens longas. Se voltassem, iriam treinar um dia e depois viajar para o Equador de novo.

Fernando (preparador físico do Atlético-MG) falou com o preparador da seleção do Equador e eles farão um trabalho. Queremos que eles estejam 100% fisicamente, principalmente Erazo, que jogou os dois jogos e seria bom evitar as viagens.

A delegação do Galo chega ao Equador no início da noite deste domingo. Atlético-MG está na liderança do Grupo 5 da Taça Libertadores, com dez pontos ganhos, e depende de um empate para assegurar a classificação às oitavas de final da competição.

O Independiente del Valle aparece em segundo lugar, com sete. 
.

Fonte: Globo Esporte