Júnior UrsoO volante jogou como praticamente como meia-atacante, flutuando pelos dois lados. Teve muita liberdade ofensiva e conseguiu ajudar Cazares na armação. Além de participar da jogada que abriu o placar no Mineirão, Urso sofreu o pênalti que originou o terceiro gol do Atlético-MG, marcado por Lucas Pratto.

Ele também deu assistência para Carlos balançar as redes do Melgar. Na base da insistência, quase fez o dele no segundo tempo.

Nota: 8 RobinhoArtilheiro do Galo na temporada com 10 gols em 10 jogos, Robinho voltou a balançar as redes na competição depois de 11 anos. Com a ausência de Luan, ditou o ritmo ofensivo do Galo em campo na primeira etapa.

Nota: 7 Douglas SantosFoi o responsável pela cobrança de falta que terminou na cabeçada de Tiago, abrindo o placar no Mineirão. Grande parte das jogadas do Atlético-MG saíram pelo lado esquerdo com a participação do ala.

Caiu de ritmo na etapa final. Nota: 6,5 AS NOTASVictor [GOL]: 5Marcos Rocha [LAD]: 5,5Tiago [ZAG]: 6Erazo [ZAG]: 5,5Douglas Santos [LAE]: 6,5Leandro Donizete [VOL]: 5,5Rafael Carioca [VOL]: 5,5(Eduardo [VOL]): 5Júnior Urso [VOL]: 8Cazares [MEI]: 5,5(Carlos [ATA]): 6(Pablo [ATA]): 5Robinho [ATA]: 7Lucas Pratto [ATA]: 6
.

Fonte: Globo Esporte