Metade da meta já foi alcançada. Depois do início ruim, o Atlético-MG traçou uma meta de somar 12 pontos nos quatro jogos seguidos que terá em Belo Horizonte. Desse objetivo, 50% foi alcançado após as vitórias sobre Ponte Preta e Corinthians, o último vencido por 2 a 1 (confira os gols no vídeo acima), nesta quarta-feira, no Mineirão.

Autor do gol que abriu o placar na vitória sobre a equipe paulista, o atacante Fred marcou pela segunda vez com a camisa do Atlético-MG – a primeira foi no clássico com o Cruzeiro. Se balançar as redes não é novidade, jogar pelo Galo, no Mineirão lotado sim, e o fato foi um incentivo a mais para o camisa 99.

CONFIRA COMO ESTÁ A TABELA DO BRASILEIRO- Hoje eu pude sentir a emoção de jogar com o apoio da
massa. É impressionante.

Eles nos impulsionam a vencer. Foi algo especial para
mim.

Estou feliz, porque fiz gol e pela vitória do Atlético-MG.Hoje eu pude sentir a emoção de jogar com o apoio da
massa.

É impressionante. Eles nos impulsionam a vencer.

Foi algo especial para
mim. Estou feliz, porque fiz gol e pela vitória do Atlético-MGSobre o objetivo de vencer os quatro jogos seguidos em Belo Horizonte, Fred disse que a equipe está evoluindo, principalmente porque está tendo o retorno de jogadores que estiveram ausentes naquela sequência de sete partidas sem triunfos.

– A gente tinha planejado isso mais ou menos. Há duas
rodadas, a gente contava com esses quatro
jogos em casa, uma coincidência boa que a tabela proporcionou.

A gente vinha
sofrendo com muitas ausências no time. Mas, aos poucos, está se encaixado.

Eu treinei
duas vezes com o time todo. Com o apoio do torcedor, jogando em casa nas duas
próximas rodadas, vamos buscar os seis pontos em casa.

É para colar de vez no grupo lá de cima. Rumo certoMesmo que ainda tenha tido pouco de treino com os companheiros, o jogador considera que está já bem adaptado ao novo time, que, segundo ele, está no caminho certo.

 

– A gente está no caminho certo. Mesmo com apenas dois
treinos com meus companheiros, mas a gente vem mostrando evolução.

Tá dando
para tabelar, ver a movimentação. Estou feliz e hoje estou mais feliz do que
nunca.

No momento que a perna parece que cansa, a massa começa a gritar e dá
força ali.
.

Fonte: Globo Esporte