Os “últimos detalhes”  que faltam para a assinatura de contrato do atacante Fred com o Atlético-MG tem nome e sobrenome: garantias financeiras. Representantes do jogador querem ter total certeza das condições oferecidas pela diretoria atleticana, dentro do que foi acertado verbalmente para, só assim, assinar o contrato com validade até o fim de 2018. Essas garantias costumam ser dadas por bancos, que entram como avalistas e arcam com os vencimentos acordados, caso os pagamentos não ocorram dentro do previsto.

O presidente do Atlético-MG, Daniel Nepomuceno, e integrantes do departamento jurídico do Galo estiveram no Rio de Janeiro para tentar resolver a situação e conseguir regularizar a transferência. A apresentação do atacante na Cidade do Galo continua prevista para esta sexta-feira, segundo a assessoria de imprensa do clube.

O Atlético-MG pagou todas as taxas relativas à CBF e já tem um pré-registro contratual do atacante no banco de dados da entidade. A expectativa da diretoria atleticana é acertar os últimos detalhes do contrato nesta sexta-feira e regularizar o jogador.

Assim, Fred poderia ser apresentado e entrar em campo no domingo, jogo do Galo contra o maior rival, o Cruzeiro, no clássico no Independência, marcado para às 16h (de Brasília), válido pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro.LEIA TAMBÉM>>> Cinco motivos para acreditar que Fred vai dar certo com a camisa do Galo>>> Presidente do Galo nega ter proposta por Pratto e revela entrave para trazer Mina>>> Vinda de Fred aumenta número de ex-cruzeirenses contratados pelo GaloA pendência financeira fez Fred não aparecer no Fluminense na noite passada para aquela que seria  sua coletiva de despedida.

Depois de duas horas de atraso, Peter Siemsen, mandatário do Tricolor, afirmou que o clube mineiro e o jogador ainda tinham alguns detalhes pendentes e que, por isso, não haveria entrevista por parte do atleta. Segundo ele, entre Galo e o Fluminense está tudo certo, assim como entre o jogador e seu ex-clube.

Falta só Atlético-MG e Fred acertarem as pendências finais.O que se sabe é que o Atlético-MG busca parceiros para bancar o salário de Fred, que está acima do teto permitido pelo presidente alvinegro, Daniel Nepomuceno.

Na noite de quarta, ele confirmou a contratação do atacante Fred. Na quinta, o dirigente, junto do diretor jurídico do clube, Lásaro Cunha, estiveram no Rio de Janeiro para agilizar a regularização de Fred.

O camisa 9 deixa as Laranjeiras como um dos grandes ídolos da história do Tricolor, após pouco mais de sete anos com 172 gols marcados em 288 partidas. Lá foi campeão brasileiro por duas vezes e também em uma oportunidade do Campeonato Carioca.

Mineiro de Teófilo Otoni, Fred foi revelado pelo América-MG em 2003. Na metade de 2004, o atacante se transferiu para o Cruzeiro, pelo qual virou ídolo da torcida e ficou até agosto de 2005, quando se transferiu para o Lyon, da França.

Em 2009, voltou ao Brasil para jogar pelo Fluminense. As boas atuações na França e nas Laranjeiras levaram Fred para a seleção brasileira, que disputou duas Copas do Mundo pelo Brasil (2006 e 2014), marcando dois gols.

Com a amarelinha, ele tem 40 jogos e 18 gols marcados. Na carreira toda, o atacante fez 571 jogos e 318 gols, com uma boa média de 0,56 gols por partida.

.

Fonte: Globo Esporte