Para o atacante Robinho, autor do segundo gol do Atlético-MG na goleada para 4 a 0 sobre o Melgar, a postura do time em campo e, claro, os gols no Mineirão foram essenciais para a vitória e para a equipe assegurar a primeira colocação do Grupo 5 da Libertadores. O time terminou a fase com 13 pontos ganhos.- Não existe jogo fácil.

Para vocês, de fora, parece fácil, mas lá dentro não é fácil. Nosso time foi para cima e fizemos os gols.

Começamos o jogo muito bem. Contra um time assim, é importante começar bem.

Tivemos humildade, respeitamos o adversário, e ganhamos bem – destacou o atacante em entrevista ao  canal SporTV.O Atlético-MG, com 16 minutos, já ganhava a partida por 3 a 0.

Depois, o time continuou dominando a partida e aumentou o placar no segundo tempo, com gol de Carlos. O Galo, que pode se classificar até como o terceiro melhor primeiro colocado, agora torce para que Toluca e Corinthians não vençam seus últimos jogos em seus respectivos grupos para ficar nessa posição.

MudançaNo segundo tempo,
parte da torcida atleticana não aprovou a saída de Cazares, que deixou
lugar para a entrada de Carlos, e vaiou o técnico Diego Aguirre. Robinho
saiu em defesa do treinador.

 – A torcida paga ingresso,
tem direito de se manifestar, mas o treinador tem o direito de mexer na
equipe. Sempre pensando em melhorar.

.

Fonte: Globo Esporte