Assim como foi no jogo contra o Corinthians, o duelo do Atlético-MG contra o Botafogo será no Mineirão. A opção permite mais torcedores assistirem ao jogo no estádio e um aumento de renda. Neste Brasileirão, foram quatro jogos no Horto e um Gigante da Pampulha, onde será o compromisso da próxima quinta-feira, às 21h (de Brasília), contra a equipe carioca, em jogo válido 12ª rodada da competição.

A opção pelo Mineirão ou Independência divide opiniões no Atlético-MG. O técnico Marcelo Oliveira vê vantagens nos dois estádios e esclareceu que a decisão foi da diretoria, mas com o aval da comissão técnica.

LEIA TAMBÉM: Marcelo destaca superação do Galo para vencer e melhoria defensiva- Eu gosto das duas situações. Em grandes jogos, que pode
botar mais torcedores, eu confesso que gosto do Mineirão.

Foi uma decisão da
diretoria, mas com aprovação total nossa. Esperamos que possamos fazer mais um
grande jogo, encaixar mais uma vitória e nos dar uma condição de aparecer na
primeira parte da classificação.

Apesar da situação ruim do adversário desta quinta-feira, Marcelo Oliveira não espera um jogo fácil e cobra atenção dos seus comandados no Mineirão.Em grandes jogos, que pode
botar mais torcedores, eu confesso que gosto do Mineirão.

Foi uma decisão da
diretoria, mas com aprovação total nossa

– Não tem refresco. Às vezes alguém pode ser influenciado
para as coisas externas e achar que um jogo é menos complicado, mas não é.

O Botafogo
tem extrema tradição, tem uma camisa muito forte, um bom comando. Vamos nos
preparar para um grande jogo.

Independente do que o Botafogo trazer, vamos nos
preparar para um grande jogo. Não podemos pensar nas três vitórias.

O Atlético-MG terá três treinamentos antes da partida contra o Botafogo. O time se reapresenta nesta segunda-feira à tarde, na Cidade do Galo, quando inicia os trabalhos visando a partida de quinta-feira.

.

Fonte: Globo Esporte