Já são 62 jogadores precificados para a primeira rodada do Cartola FC 2016. Nesta sexta-feira, mais sete atletas tiveram seus preços divulgados. Todos eles com passagem atual ou anterior por um clube gaúcho – para combinar com o convidado do programa, Alexandre Alliati, que tem raízes sulistas.

São eles: Alex, Paulão e Muriel, do Internacional; Borges, do América-MG; Erazo, do Atlético-MG; Wellington Paulista, da Ponte Preta; e Juan, do Flamengo.Começando pelos colorados, em maioria na lista: o goleiro Muriel, reserva de seu irmão Alisson (que está de malas prontas para jogar na Roma, da Itália, no meio do ano), custará uma pechincha: C$ 2.

O zagueiro Paulão, que já marcou três gols na atual temporada, começa fixado em C$ 10. Com pouco espaço entre os titulares em 2016, o experiente meia Alex está bem em conta: C$ 8.

Ex-Grêmio, Erazo faz boa dupla com Leonardo Silva no Galo. A C$ 8, pode ser uma boa.

Juan, que já passou pelo Inter, é tido por muitos como o principal zagueiro do Flamengo. Acha justo C$ 7 para escalá-lo?Os atacantes Borges (ex-Grêmio) e Wellington Paulista (ex-Colorado) podem ser os goleadores de América-MG e Ponte Preta, respectivamente, no Brasileirão.

O primeiro custa C$ 6, o segundo, o dobro. Quem você prefere?Na última quarta-feira, cinco jogadores já haviam recebido seus preços.

Na terça-feira foram confirmados os preços de outros 13 atletas. 30 foram precificados na segunda.

Os valores variam entre C$ 15 e C$ 28. O valor de sete já tinham sido conhecidos através das enquetes de bons e baratos, em que os mais votados custarão C$ 5.

 O mercado abrirá na próxima semana.Neste ano, o jogo virtual ganha
ainda uma versão Pro.

Por apenas R$ 5,70 por mês ou R$ 39,90 à vista, o
cartoleiro pode se transformar em um “Cartoleiro Pro”, criar e
participar de mais ligas e ter acesso a itens exclusivos. Vale ressaltar
que o Cartola FC 2016 continua gratuito, mas com uma versão paga que
apresenta mais funcionalidades e opções como a personalização premium,
criação e participação de cinco ligas clássicas, criação e participação
de ligas mata-mata e a liga PRO premiada.

Quem optar pela versão
gratuita, terá direito a personalização básica, criação e participação
de duas ligas clássicas e participação de cinco ligas clássicas.  Outra exclusividade do cartoleiro Pro é a criação das ligas
mata-mata, que tem foco no curto-prazo e coloca no game o popular método
de competição onde duas equipes se enfrentam e a que perde a partida é
eliminada.

A ideia é ter uma modalidade que não precise de 38 rodadas
para determinar um campeão. Nas disputas de mata-mata, será possível jogar um
“mini-Cartola” de duas a cinco rodadas, com quatro a 32 jogadores, em
confrontos diretos.

O cartoleiro Pro terá a possibilidade de convidar
seus amigos para participar, inclusive aqueles que não adquirirem o
pacote especial. O usuário terá também acesso a uma galeria exclusiva de
camisas e escudos para a criação de seus times.

.

Fonte: Globo Esporte