A vantagem é do Atlético-MG. Se não levar gol no
Independência contra a URT, o Galo carimba a vaga para as finais do Campeonato
Mineiro. Mas o regulamento não passa pela cabeça dos jogadores alvinegros, que
só pensam em conquistar a vitória sobre a equipe de Patos de Minas, a partir
das 16h (de Brasília), sábado, no Independência. Com o empate por 2 a 2 na primeira partida da semifinal (relembre no vídeo acima), o
Atlético-MG, por ter feito melhor campanha na fase de classificação, joga pelo empate na soma dos resultados dos dois jogos. Mas o volante Rafael Carioca não quer saber de entrar
pensando no empate.

– A vantagem é pouca. Apesar da vantagem e do empate
favorecer, a gente não pode esmorecer, porque sabemos como é o futebol.

É procurar
vencer o jogo, porque a obrigação por jogar em casa é nossa.O atacante Hyuri, que retornou aos treinos durante a semana,
após uma pancada na panturrilha direita, acredita que os dois jogos que o
Atlético-MG teve contra a URT – derrota por 1 a 0 e empate em 2 a 2, ambas em
Patos de Minas – não lembrarão nem de longe a atuação do Galo neste sábado.

– Eu tenho certeza absoluta que o jogo vai ser diferente.
Nossa equipe é forte, rápida e perigosa.

Não será um jogo fácil. Será ali
dentro de campo, onze contra onze.

Mas vamos fazer um grande jogo.
.

Fonte: Globo Esporte