O Atlético-MG segue sem vencer com Marcelo Oliveira. No Independência, em um jogo muito nervoso, o Galo foi derrotado por 3 a 2 para o Cruzeiro, maior rival. Na saída de campo, os jogadores lamentaram muito o resultado, mas reconheceram as falhas.

O volante Leandro Donizete, por exemplo, assumiu que errou na marcação. Para ele, o time vacilou naquilo que já sabia que não podia errar: bola parada.

Foi assim que saiu o segundo gol do Cruzeiro, marcado por Bruno Rodrigo (veja o lance no vídeo acima).- Bola para frente.

Já passou, já perdeu. A gente vacilou demais.

A bola parada nós sabíamos que era perigosa. No primeiro gol também dei um bote errado.

Vamos trabalhar para não errar mais, para dar
volta por cima logo. O Brasileiro é longo, mas passa rápido.

Temos que recuperar o mais rápido possível.Estamos saindo para tentar matar o jogo mesmo quando estamos à frente do placar.

Não é assim. Tem que rodar mais a bola, marcar mais, esperar o momento certo.

O roteiro da derrota foi o mesmo dos últimos três jogos: o Galo saiu na frente, mas não conseguiu segurar o resultado, falhou defensivamente e permitiu a virada do rival. Depois, até empatou o jogo, mas novamente falhou e permitiu o terceiro gol cruzeirense.

O time de Marcelo Oliveira chegou a ter um jogador a mais que o adversário em boa parte do segundo tempo e dois a mais nos segundos finais do jogo, mas não conseguiu empatar. Donizete defende que o time precisa ser mais equilibrado defensivamente, principalmente após marcar os gols.

Para ele, a precipitação para matar os jogos está atrapalhando.- Vacilamos.

Temos que equilibrar ali atrás, marcar mais. Estamos saindo para tentar matar o jogo mesmo quando estamos à frente no placar.

Não é assim. Tem que rodar mais a bola, marcar mais, esperar o momento certo, quando o adversário sai.

Tomamos três gols aqui, temos que marcar melhor.Com o resultado, o Galo permaneceu com sete pontos, à frente apenas de Sport, América-MG e Botafogo, que têm cinco.

O time vai terminar a rodada na 17ª posição, primeira dentro da zona de rebaixamento.
.

Fonte: Globo Esporte