Com 45 minutos de treinamento fechado, o técnico Diego
Aguirre não demonstrou ao menos o esboço do time do Atlético-MG para encarar o
Villa Nova-MG, sábado, às 16h (de Brasília), no Mineirão, pela 10ª rodada do Campeonato Mineiro. A única parte da atividade vista pela imprensa foi do treinos de finalizações e cobranças de faltas laterais para os zagueiros. Parte do elenco já havia deixado o campo de treino quando os jornalistas chegaram à sala de imprensa.

A única certeza é que, dificilmente, os atacantes Luan e
Hyuri estarão em campo no final de semana. O primeiro foi poupado do treino por
estar com dores no joelho direito.

Já o segundo ficou no departamento médico
devido às dores na panturrilha esquerda. Hyuri já havia deixado o treino de
quarta-feira mais cedo.

A tendência é que, para o jogo de sábado, Diego Aguirre
utilize uma equipe mesclada. Sem um meia de ofício, já que Cazares está no
Equador e Dátolo no departamento médico por conta de estiramento, Aguirre pode
optar por três volantes com a entrada de Leandro Donizete no meio de campo.

Mesmo com a chegada do experiente goleiro Lauro, o jovem
Uilson será mantido no gol atleticano. O técnico Diego Aguirre quer dar
confiança ao jovem arqueiro após a falha decisiva no clássico do último
domingo.

O zagueiro Erazo está no Equador e será substituído por Tiago.Um possível Atlético-MG contra o Leão do Bonfim pode ser
formado por Uilson; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Tiago e Douglas Santos;
Júnior Urso, Rafael Carioca e Leandro Donizete;  Clayton, Robinho e Pratto.

.

Fonte: Globo Esporte