– Esse clube é tudo pra mim. Eu amo o Galo. Quero encerrar a carreira aqui e conquistar muitos títulos.

Esta foi a emocionada entrevista de Luan na saída do gramado do Independência, após a vitória do Atlético-MG, por 3 a 0, sobre o Santa Cruz. O atacante fez sua segunda partida desde que se recuperou da cirurgia feita no joelho direito.

Ele, que havia entrado no segundo tempo da vitória sobre o Palmeiras, entrou também na etapa final deste sábado, diante do Santa Cruz, no Independência, fez o terceiro gol da vitória (veja no vídeo acima) e se emocionou ao deixar o campo. Luan revelou que pensou em abandonar o futebol e prometeu encerrar a carreira no Galo.

– O Atlético é tudo pra mim. Muitos falavam que eu não ia jogar mais
futebol.

Dei a volta por cima, o torcedor acreditou em mim nas redes
sociais e mandou muitas mensagens. Minha esposa também, em casa me dá
muita força.

Eu cheguei a pensar em parar de jogar, não pela lesão, mas
por algumas coisas difíceis que acontecem na vida. Sou grato ao Galo por
tudo.

Esse clube é tudo pra mim. Eu amo o Galo.

Quero encerrar a
carreira aqui e conquistar muitos títulos.LEIA TAMBÉM:>>

Robinho comanda a
vitória sobre o Santa Cruz e deixa Galo colado no G-4>>

Atuações: Robinho é o
melhor em noite de bom futebol do Atlético-MGForam mais de três meses de recuperação até o retorno aos gramados.

O gol diante do Santa Cruz foi o quarto de Luan na temporada. O atacante considera a volta por cima uma resposta a muitos que acharam que ele não jogaria mais futebol.

– Eu acho é fruto de um trabalho. É difícil falar porque é uma
emoção muito grande.

Muitos não acreditavam e davam minha carreira como
encerrada. Deus me disse que não é a vontade dele eu parar nesse tempo.

Isso é sério. Um
pastor me ligou e me disse isso, que eu ia voltar e voltar bem.

Vamos agora
levar o Galo para o G4.A alegria de Luan contagiou todo o elenco.

Fred, que fez o segundo gol e jogou muito bem, falou sobre a felicidade do companheiro.- Hoje foi um grande jogo nosso.

A gente conseguiu ficar com
a posse de bola, envolver e marcar forte e fazer tudo sincronizado. A gente
fica feliz, principalmente pela volta do Luan.

A gente emociona quando vê ele
com essa dedicação toda e quando entra em campo.

.

Fonte: Globo Esporte