Na reta final do Campeonato Brasileiro 2015, quando o Atlético-MG disputava o título com o Corinthians, diversas vezes o Galo entrou em campo pressionado, após a equipe paulista jogar antes e vencer seu compromisso. Na atual edição do campeonato, pelo menos na 21ª rodada, a situação vai se inverter. O time alvinegro encara o Atlético-PR, neste domingo, às 11h (de Brasília), no Independência.

Enquanto os outros adversários diretos na tabela, em sua maioria, só entram em campo mais tarde.No mesmo horário, no Mané Garrincha, Flamengo e Grêmio, dois adversários diretos na briga pelo título, se enfrentam.

O Palmeiras, líder da competição com 39 pontos (quatro a mais que o Galo), recebe a Ponte Preta, às 16h, na Arena Palmeiras. Segundo colocado e algoz do Atlético-MG na rodada passada, o Santos joga mais tarde, às 18h30, contra o Coritiba.

LEIA MAIS>>> Marcelo aguarda por Marcos Rocha e não revela substituto de FredO fato de jogar antes ou depois dos concorrentes é visto com neutralidade no Atlético-MG. O técnico Marcelo Oliveira, por exemplo, não vê pressão por entrar em campo primeiro que os demais times.

Nem melhor e nem pior, é tudo muito teórico. Você precisa estar firme e
forte para fazer o dever de casa.

Altera pouco essa questão- Nem melhor, nem pior, é tudo muito teórico. Você precisa estar firme e forte para fazer o dever de casa.

Altera pouco essa questão. Não tem pressão nem para eles e nem para o Atlético- MG em função disso.

Para Robinho, jogar antes dos adversário não interfere em nada. O que importa é o Atlético-MG ganhar seu jogo e somar os três pontos.

– Não interfere não. Temos que fazer a nossa parte.

Ganhando o jogo é o que mais importa. A gente tem que preocupar em fazer a nossa obrigação – completou o atacante.

Provável GaloNos dois treinos táticos da semana, o treinador fechou a atividade e não revelou o time que vai a campo. O provável Atlético-MG deverá ter: Victor; Marcos Rocha (Carlos César), Leonardo Silva, Ronaldo e Fábio Santos; Leandro Donizete, Lucas Cândido, Maicosuel e Otero (Carlos); Pratto e Robinho.

.

Fonte: Globo Esporte