Nesta quinta-feira o lançamento do Cartola FC 2016 é a votação dos bons e baratos para o setor do meio-campo. A enquete reúne armadores e volantes, cada um com suas especialidades. Os dois mais votados custarão C$ 5 na primeira rodada do Cartola FC.

Os concorrentes são Arrascaeta, do Cruzeiro; Dátolo, do Atléico-MG; Gabriel, do Palmeiras; Giovanni Augusto, do Corinthians e Walace, do Grêmio. Participe da votação que definirá os dois meias que custarão 5 C$ no Cartola FCOutras três votações estão em andamento: goleiros (clique aqui), laterais (clique aqui) e zagueiros (clique aqui).

Nesta sexta-feira, será lançada a enquete com os atacantes. Assim como a dos meias, os dois mais votados custarão 5 C$ na primeira rodada do Cartola FC 2016.

É importante que o voto seja feito com responsabilidade, pois o
vencedor pode servir para ser escalado no seu time. A primeira rodada do
Campeonato Brasileiro está marcada para começar 14 de maio.

O mercado
do fantasy
game abre no dia 2 de maio. Todos os jogadores das votações de “bom e barato” não estarão sendo avaliados no Programa do Cartola especial com a
precificação feita ao vivo, no dia 25 de abril, e normalmente custariam mais
pela sua qualidade técnica e potencial de boa pontuação no game.

O Cruzeiro está representado nessa disputa pelo meia Arrascaeta, de 21 anos, que chegou ao clube mineiro em 2015. Na disputa do Campeonato Brasileiro do ano passado, o jovem uruguaio revelado pelo Defensor Sporting mostrou que é um jogador de chegada.

Foram 16 finalizações defendidas e quatro gols marcados. O cruzeirense também deu uma assistencia, sofreu 29 faltas e errou 57 passes.

No total, foram 23 jogos disputados.O Atlético-MG também está na disputa com um estrangeiro.

Trata-se do argentino Jesús Dátolo, que disputará seu terceiro Campeonato Brasileiro pelo Galo, pois chegou ao clube em agosto de 2013. No Brasileirão do ano passado, Dátolo disputou 26 jogos e balançou as redes sete vezes, além de 16 finalizações defendidas e quatro assistências.

Também errou 57 passes, sofreu 24 faltas e roubou nove bolas. Gabriel, do Palmeiras, é outra aposta, mas essa para quem prefere um volante com alto número de roubadas de bola.

No Brasileiro 2015 foram 35. O jogador de 23 anos, formado no Botafogo, disputou 16 jogos na competição e marcou um gol e deu uma assistência.

Foram 19 faltas sofridas, 29 passes errados e quatro finalizações defendidas. O único dessa votação que estava em outro clube no ano passado é Giovanni Augusto, que defendeu o Atlético-MG no Campeonato Brasileiro 2015 e agora está no Corinthians.

O meia de 26 anos disputou 35 partidas, marcou cinco gols e deu 10 assistências. Giovanni também sofreu 46 faltas, errou 115 passes, roubou 31 bolas e fez 13 finalizações que foram defendidas.

 Outro volante entre os concorrentes é Walace, do Grêmio. O jovem de 21 anos disputou 34 jogos no Brasileiro do ano passado e atingiu o incrível número de 79 bolas roubadas.

O jogador não marcou nenhum gol e teve apenas cinco finalizações que foram defendidas. Chama atenção também o alto número de passes errados: 119.

Mas Walace deu uma assistência e sofreu 32 faltas.
.

Fonte: Globo Esporte