Um vídeo exibido durante encontro da diretoria do
Atlético-MG com representantes de uma construtora, nesta sexta-feira, em Belo
Horizonte, está circulando na internet. A produção mostra imagens do projeto, inspirado na Arena do Atlético de Madrid, do
que pode vir a ser o futuro estádio do Galo (confira no vídeo acima). Segundo a assessoria do time alvinegro, o vídeo é uma produção
da construtora, e a reunião foi apenas um encontro informal sem a oficialização
da obra.

A maquete ainda será levada para a sede administrativa do clube
para que o conselho deliberativo conheça o projeto.LEIA TAMBÉM:>> Simulador: Galo tem três prováveis caminhos nas oitavas da LibertadoresDurante o vídeo, que tem cinco minutos de duração, o
presidente Daniel Nepomuceno comenta sobre a importância de o Atlético-MG ter
um estádio próprio, destacando a participação direta da torcida, que investe no
clube.

– O Atlético-MG tem a torcida mais apaixonada, a torcida que
mais investe no clube. Temos hoje as pessoas mais preparadas que trabalham com
clube.

Mais do que isso, tenho a certeza da importância de termos uma casa. Foi
graças ao Independência que o Atlético-MG retoma a sua torcida, consegue a
busca pelos títulos.

Hoje a gente vive um momento de ter uma gestão própria.
Estar na última gestão, junto do Kalil e de todos os outros diretores, que me
ensinaram o tamanho do Atlético-MG.

Com capacidade para 48 mil pessoas, a obra está orçada em cerca de R$ 500 milhões. O projeto  depende de
investidores para ser realizado.

Nepomuceno chama a atenção dos conselheiros do
Atlético-MG para o que um estádio próprio pode representar para o futuro do
clube.- Um projeto que reúne os maiores atleticanos que temos, e
que precisa muito do conselheiro e da responsabilidade desse conselho, para a
gente colocar o Atlético-MG em todos os patamares e em disputa com os maiores
clubes do mundo.

Sem dúvida nenhuma vai mudar e vai trazer para a atual
diretoria, para a nova diretoria, para os novos conselheiros, uma tranquilidade
de administrar o clube. O maior patrimônio nosso é a torcida, é o conselho, e,
sem casa, a gente não consegue aproveitar esse patrimônio.

Oficialmente, o projeto não foi entregue à Prefeitura de Belo Horizonte. O Atlético-MG preferiu realizar reuniões informais e conversas com um grupo especializado da Prefeitura de Belo Horizonte, pois quer entregar o projeto finalizado até junho, sem a necessidade de reparos posteriores.

Depois de ser concluído, o documento passará pela Secretaria de Planejamento Urbano, Secretaria de Meio Ambiente, BHTrans e o Conselho Municipal de Política Urbana. O desejo do clube é que tudo esteja licenciado para entrar em votação na Câmara Municipal até setembro, antes das eleições.

.

Fonte: Globo Esporte