Ainda com o gosto amargo da derrota para o América-MG, na primeira partida da semifinal do Campeonato Mineiro, por 2 a 0 (veja os gols no vídeo acima), o Cruzeiro não tem muito tempo para lamentar. O time tem que mudar o foco e pensar na estreia na Copa do Brasil, quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), contra o Campinense, no Estádio Amigão, em Campina Grande-PB. Apesar de não estar nas principais divisões do futebol brasileiro, o time paraibano tem feito uma boa temporada e pode complicar a vida do Cruzeiro se os comandados de Deivid repetirem a fraca atuação que tiveram no último sábado.

LEIA TAMBÉM:>> Lucas Silva retorna ao Cruzeiro por empréstimo, diz publicação francesaO Campinense fez a melhor campanha entre os 10 participantes da primeira fase do Campeonato Paraibano, com seis vitórias e quatro empates em 10 jogos e saldo de gols melhor que o do Botafogo-PB. Está disputando um mata-mata com o rival Treze para avançar às semifinais da competição.

Na Copa do Nordeste, a campanha também é muito boa. Terminou o Grupo A da primeira fase com 16 pontos em 18 possíveis, se garantindo nas quartas de final, onde enfrentou o Salgueiro-PE.

Com uma vitória fora por 2 a 0 e uma derrota em casa por 2 a 1, garantiu vaga na semifinal. O adversário foi o Sport e a primeira partida foi na última quarta-feira, na Ilha do Retiro, no Recife.

O time pernambucano venceu por 1 a 0 e levou a vantagem do empate para o jogo de volta, em Campina Grande. Mas o Campinense garantiu vaga na decisão eliminando o rival nos pênaltis.

HistóricoÉ comum na Copa do Brasil os grandes times enfrentarem adversários mais fracos e com menos tradição nas fases iniciais do torneio. Este fato, porém, nem sempre é garantia de que o favorito vai se dar bem.

Algumas zebras históricas já foram registradas na competição. Em 1992, o Vasco foi eliminado pelo CSA-AL, e em 1994, o Fluminense pelo Linhares-ES.

A zebra mais famosa da Copa do Brasil aconteceu em 2002, quando o ASA-AL eliminou o Palmeiras, na primeira fase.O Cruzeiro participou da Copa do Brasil 19 vezes, sendo que em duas delas, 2014 e 2015, já estreou nas oitavas de final.

A equipe mineira foi eliminada na primeira fase em duas oportunidades. Os autores das façanhas foram adversários tradicionais no futebol brasileiro.

Em 1990, na segunda edição da Copa, apenas 32 times participavam da competição. O Cruzeiro pegou o Goiás na primeira fase.

O time goiano, que estava na Série A do Campeonato Brasileiro, empatou o primeiro jogo no Mineirão e goleou a Raposa por 4 a 0 na volta, no Serra Dourada. Neste ano, o Esmeraldino fez o final com o Flamengo e ficou com o vice-campeonato.

Em 1997, o Cruzeiro também foi surpreendido na primeira fase. O carrasco foi o Santa Cruz, que está de volta à elite do Brasileirão, mas que, na época, estava na Série B.

No Arruda, empate por 1 a 1 e, no Mineirão, vitória pernambucana por 1 a 0, gol do atacante Maurílio.Nas 17 estreias do Cruzeiro na primeira fase, em apenas três o adversário estava na primeira divisão do Campeonato Brasileiro.

Em três oportunidades, o rival era da Série B. Quatro vezes, a estreia foi contra uma equipe da Série C, e uma contra um time que estava na Série D.

Adversários que não disputaram nenhuma divisão do Brasileirão no ano em que enfrentaram o Cruzeiro, estiveram no caminho seis vezes.Confira abaixo a lista de estreia do Cruzeiro na Copa do Brasil e em que divisão estava o adversário no ano do confronto.

.

Fonte: Globo Esporte