O
próximo confronto do Cruzeiro é contra o Grêmio, na arena do time em Porto
Alegre, domingo, às 19h (de Brasília). Mas o assunto ainda é a derrota para o Flamengo, na noite de quarta-feira. O time ainda não conseguiu
a primeira vitória em casa – foram dois empates e duas derrotas no
Mineirão.

Por isso, os
números fora servem como motivação para a equipe que vai ao Sul disputar a nona rodada do Campeonato Brasileiro. O atacante
Alisson sabe da necessidade de ganhar o jogo na Arena do Grêmio, mas não deixou
de mostrar o incômodo com as derrotas dentro de casa.

 

 


O Cruzeiro tem potencial e capacidade para brigar lá em cima, nós jogadores
sabemos que jogar só 50% não dá. Temos que vencer dentro do Mineirão, que é a
nossa casa e onde nós temos o apoio da nossa torcida.

Então, acho que se quisermos brigar por um titulo, a gente vai brigar lá em cima. Nós temos que
somar pontos dentro de casa e voltar a mandar no Mineirão.

 

DesfalquesPara
o atacante, as baixas por expulsão de Lucas Romero, Bryan, Lucas e o terceiro
cartão amarelo de Bruno Viana não foram as
únicas responsáveis pela derrota para o Flamengo. 

 

– Querendo ou não, o entrosamento acaba atrapalhando um
pouco, mas acho que isso também não é desculpa pra derrota de ontem.

Se está no
Cruzeiro é porque tem potencial de jogar. E quem entrou deu o melhor.

Tenho certeza que correu, jogou. As coisas não aconteceram ontem (quarta-feira),
mas agora não é hora de ficar remoendo.

Temos um jogo muito difícil contra o
Grêmio e precisamos chegar lá fazer um grande jogo e conseguir a vitória.
.

Fonte: Globo Esporte