Allano contribuiu para o Cruzeiro não ser eliminado ainda na primeira fase da Copa do Brasil. Ele foi o autor do gol que abriu a vitória por 3 a 2 sobre o Campinense, no Mineirão, e comemorou colocando a mão nos ouvidos (reveja no vídeo abaixo). O gesto não agradou nem um pouco ao torcedor, que não poupou o jogador em suas redes sociais, como ele próprio conta.

– Até
eu fiquei assustado nas minhas redes sociais. Não entendi o porquê da
revolta dos torcedores sobre a minha pessoa.

Todos me conhecem, sabem
quem eu sou de verdade. A torcida sempre me apoiou, é maravilhosa,
não entendi o porquê.

Queria pedir desculpa para aqueles que entenderam
como ofensa. São oito milhões de torcedores.

Quem sou eu para mandar a
torcida ficar quieta. Só comemorei daquela forma para chamá-los junto
com a gente – disse o jogador.

Allano foi titular na partida contra o Campinense e, novamente, deverá ser contra o Londrina, na próxima terça-feira, pela Copa do Brasil, às 21h30 (de Brasília), principalmente porque o Cruzeiro perdeu outra peça do setor ofensivo: Arrascaeta foi vetado para a partida. O time já não tem à disposição para o jogo Robinho, Alisson, Marcos Vinícius e Judivan, todos vetados.

Mesmo com a indefinição do novo treinador, Allano afirma que o grupo está trabalhando normalmente, já que tem uma pessoa, no momento, à frente do grupo e muito querida por todos: Geraldo Delamore.- Nós
sabemos que ainda não temos técnico para comandar a equipe.

Tem o
interino, o Delamore, com quem trabalhamos há algum tempo. Sabemos da
personalidade dele, um homem de grupo, que chama os jogadores para
conversar
particularmente.

Quando entramos, queremos fazer só o melhor. 
.

Fonte: Globo Esporte