O Cruzeiro perdeu por 2 a 0 para o Fluminense, neste domingo, no Rio, e voltou à zona do rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Mas quem perdeu também foi Riascos. Mas a cabeça.

O atacante colombiano, na saída do gramado, mostrou total descontentamento com a sua situação e não poupou palavras. Após ouvir as declarações, a diretoria do clube, por meio do diretor de futebol, Thiago Scuro, afastou o atleta e disse que a diretoria vai buscar a forma mais dura para puni-lo.

Depois, também foi informado pela Raposa que o atleta será multado em 40% dos seus salários e que treinará separado do grupo até encontrar outro time.A declaração foi concedida ao final do jogo para a rádio Itatiaia.

Perguntado sobre a sua atuação e o cartão amarelo que levou, que o tirou da partida contra o Sport, na próxima rodada, o atacante disse não estar feliz.

– Para mim, não (está tudo bem), não está normal.

Não estou feliz com o que está acontecendo. Acho que temos que
procurar uma solução.

Porque não pode tirar minha felicidade para jogar essa
m..

aqui – disse ele.Antes da coletiva do técnico Paulo Bento, o diretor de futebol do clube, Thiago Scuro, realizou um pronunciamento no estádio de Edson Passos e anunciou que medidas o Cruzeiro irá tomar, inclusive afirmando que o atacante sequer volta com a delegação para Belo Horizonte.

Diante de todos os acontecimentos, vimos uma declaração
extremamente infeliz e inaceitável por parte de nosso atleta Riascos, ofendendo
a instituição e sua história. Não é esse o tipo de conduta que a gente precisa
esperar de atletas profissionais de futebol, que têm as condições de trabalho
que o Cruzeiro oferece.

Um clube que cumpre todos os compromissos e fez um
grande investimento na contratação desse atleta. Diante desta postura, não
aceitamos a participação de um atleta com essa conduta.

A partir de agora, ele
está fora da delegação do Cruzeiro e passa a ser um problema administrativo e
jurídico. Desde agora, o Cruzeiro vai até o final para que ele pague da forma
legal prevista e da forma mais dura possível pelo comportamento que ele teve.

Nós não vamos admitir de forma alguma que qualquer atleta tenha esse tipo de
comportamento com a instituição. O Riascos está fora e vai ver o lado mais duro
da direção do Cruzeiro.

Riascos voltou ao Cruzeiro em maio, após boa passagem pelo Vasco por empréstimo. O jogador nunca escondeu que o desejo era permanecer no Rio.

Com Paulo Bento, ele alternou boas e más partidas, oscilando entre o time titular e o banco de reservas.Outros punidos Além de Riascos, outros dois jogadores foram suspensos pelo terceiro cartão amarelo: o zagueiro Bruno Viana e o volante Bruno Ramires.

Quem volta contra o Sport é o meia uruguaio Arrascaeta. 
.

Fonte: Globo Esporte