O volante Ariel Cabral vive a expectativa de voltar a ser titular do Cruzeiro nesta quarta-feira. O time enfrenta o Vitória, às 21h45 (de Brasília), pela Copa do Brasil. O argentino espera que o Cruzeiro volte a jogar bem e mostrar futebol bonito, mas ressalta que o mais importante é deixar o campo classificado.

Como venceu o jogo de ida por 2 a 1, em Salvador, o Cruzeiro pode até perder por 1 a 0 que ainda assim avança às oitavas de final da competição.- Importantíssimo,
porque é outra competição.

Tem que tratar de passar de fase, como estou
falando, jogar bonito e ganhar confiança. Creio que queremos de passar
de fase na competição.

Primeiro objetivo é ganhar. Depois, jogar bonito.

Se ganhar jogando bonito, melhor. Mas passar de fase é o principal.

LEIA TAMBÉM: Vantagem não ilude Arrascaeta, que quer espantar a crise com vitória na 4ªCabral afirma que Paulo Bento ainda não disse se ele será titular ou não diante do Vitória. O volante, no entanto, afirma que está bem e pronto para o desafio de começar jogando.

– Não sei. Posso falar por mim que me sinto bem quando estou entrando em campo.

Isso é importante. Mas o técnico é quem coloca, ele tem as decisões.

 Não sei se serei titular. A comissão técnica ainda não decidiu.

Primeiro objetivo é ganhar. Depois, jogar bonito.

Se ganhar jogando bonito, melhor. Mas passar de fase é o principal.

Caso RiascosAriel Cabral lamentou o episódio ocorrido com o atacante Riascos, que não faz parte do elenco do Cruzeiro mais. O volante defendeu o ex-companheiro e disse que o colombiano agiu de cabeça quente.

– Nos surpreendeu. Creio que, pessoalmente, estava
com cabeça quente.

Depois se arrependeu. Depois pediu desculpas para
todos, para torcida, para diretoria, para companheiros.

Creio que é um
grande profissional.  
.

Fonte: Globo Esporte