Mayke voltou ao time titular do Cruzeiro na última quarta-feira, na vitória por 4 a 0 sobre a Ponte Preta, em Campinhas, e surpreendeu. Mostrou desenvoltura física, marcou bem e apoiou com eficiência, tendo participação importante no segundo gol, marcado por Arrascaeta (reveja o lance no vídeo acima). A surpresa não foi por causa do talento e da capacidade do lateral direito, mas sim porque ele não vem bem desde 2015.

Mayke acredita que, com muito trabalho e dedicação nos treinos, pode repetir os bons momentos que viveu no Cruzeiro, principalmente no bicampeonato brasileiro, em 2013 e 2014. Graças a Deus entrei em
campo e dei meu melhor.

Estava trabalhando para isso. Com a crescente do
time, também dei meu máximo.

Isso que vou procurar fazer no decorrer
dos jogos. Fazer de tudo para dar alegrias ao torcedor, ajudar nossa
equipe.

Estou trabalhando firme para ajudar o time. E fazer bons jogos
dentro de casa para fazer uma série de vitórias.

– Graças a Deus entrei em
campo e dei meu melhor. Estava trabalhando para isso.

Com a crescente do
time, também dei meu máximo. Isso que vou procurar fazer no decorrer
dos jogos.

Fazer de tudo para dar alegrias ao torcedor, ajudar nossa
equipe. Estou trabalhando firme para ajudar o time.

E fazer bons jogos
dentro de casa para fazer uma série de vitórias.
O principal motivo da queda de produção nos últimos meses, segundo o próprio Mayke, foram as lesões.

O lateral garante que estava com a cabeça no Cruzeiro, mesmo com os rumores de possível saída para o futebol europeu, que surgiram em momentos distintos das últimas temporadas.- Não, não.

Estava sempre
focado no Cruzeiro. Tive lesões, isso atrapalha um pouco.

Vida que
segue. Já passou e tenho certeza que daqui para frente será só alegria.

Mayke tem tudo para ser titular novamente na próxima partida. Neste sábado, às 19h (de Brasíila), o Cruzeiro recebe o Palmeiras, líder do Campeonato Brasileiro.

– Todos os jogos são difíceis. Vamos com tudo.

O Palmeiras é o líder, mas
todos nós estamos cientes disso. Estamos prontos para esse jogo.

Vamos
encarar como se fosse o último jogo da nossa vida e para sair com
bom resultado. 
.

Fonte: Globo Esporte