Bola pra frente que o ano está só começando. Este é o discurso do zagueiro Bruno Viana, um dos poucos que terminou o Campeonato Mineiro deixando boa impressão. O prata da casa lamentou a eliminação precoce no estadual, mas acredita que, ainda com duas competições pela frente em 2016, o Cruzeiro tem tudo para dar a volta por cima e conquistar títulos na temporada.

– No futebol, a gente vive altos e
baixos. Fizemos a primeira fase do
Mineiro boa, nove pontos a frente do segundo colocado, mas teve um
momento
que as coisas não deram certo, quando perdemos o primeiro jogo para o
América-MG.

Nós jogadores estamos sentidos, mas bola para frente, o ano é
longo
ainda.LEIA MAIS>> Em clima de fim de festa, Delamore comanda treino do Cruzeiro na Toca IINo jogo com o Campinense, dia 5 de maio, pela Copa do Brasil, o Cruzeiro será comando interinamente por Geraldo Delamore, da comissão técnica permanente do clube.

Bruno Viana fala um pouco das características do comandante provisório.- O Delamore é um cara exemplar com todos nós jogadores.

É um cara que cobra
muito, dá puxão de orelha quando preciso. Ele é firme, elogia e cobra.

O
momento é dele, ele tem que aproveitar e nós temos que ajudar.DespedidaO zagueiro contou como foi a despedida do técnico Deivid, que dirigiu o Cruzeiro 18 vezes.

A primeira chance como profissional de Bruno Viana foi com o ex-treiandor, que agradeceu com um abraço.- Foi estranho.

É a primeira vez que estou passando por isso. Temos de conhecer o próximo treinador, mostrar quem somos para ele aproveitar.

O Deivid vai seguir o caminho dele e nós o nosso.
.

Fonte: Globo Esporte