Muita dificuldade para balançar as redes e uma facilidade incrível para sofrer gols. Este tem sido o principal problema do Cruzeiro, para Bruno Viana. O jovem zagueiro, que ganhou a vaga de titular no time de Paulo Bento, disse que a equipe tem pecado na hora de definir, apesar de criar muitas oportunidades e falhado na hora de tentar evitar os gols.

No Campeonato Brasileiro, com uma vitória, dois empates e três derrotas, são nove gols sofridos e cinco marcados. O jovem defensor acredita que os gols tomados são um dos maiores problemas da fase atual do Cruzeiro.

No entanto, Bruno Viana acha que a marcação começa com a pressão dos atacantes. – A responsabilidade é do grupo todo, a marcação vem lá da frente.

Se fizer um golzinho lá, já ajuda. A gente ataca e não faz, os caras chegam lá e fazem.

Isso é uma falha de todos, temos que dividir a responsabilidade. As coisas vão começar a mudar para o nosso lado.

Há cinco jogos como titular do Cruzeiro e prestigiado por Paulo Bento, Bruno Viana faz uma avaliação de sua sequência no time principal. O zagueiro espera que uma vitória no clássico possa recolocar a equipe nos trilhos para crescer dentro da competição.

 A marcação vem lá da frente. Se fizer um golzinho lá, já ajuda.

A gente
ataca e não faz, os caras chegam lá e fazem. Isso é uma falha de todos,
temos que dividir a responsabilidade- Minha avaliação está um um pouco positiva, acho que estou crescendo, como
time está.

Mas o resultado não está vindo. Eu acho que agora, depois do
clássico, saindo com vitória, as coisas vão andar bem pro nosso lado.

O Cruzeiro encara o Atlético-MG neste domingo, às 16h (de Brasília), no
Independência, em jogo válido pela sétima rodada do Campeonato
Brasileiro. A Raposa amarga a 18ª posição na tabela de classificação da
competição nacional, na zona de rebaixamento.

O zagueiro sabe da responsabilidade de tirar o Cruzeiro deste mau momento, mas aposta na união do elenco para vencer o Galo. 
– A responsabilidade esta pro meu lado, estou errando e acertando.

Temos que dividir
essa responsabilidade pelo grupo. Te falo que o grupo, unido, vence muitas
coisas.

Isso que estamos tentando fazer.
.

Fonte: Globo Esporte