Formado em fevereiro, o Comitê de Reformas da CBF
apresentou, nesta quinta-feira, um resumo de suas atividades nos últimos quatro
meses. A principal novidade está no calendário de 2017. A entidade já admite
incluir a Primeira Liga, e os estaduais dos clubes
membros da competição regional terão que ser ajustados.

Foi definido o período
de 30 dias de férias, 25 dias de pré-temporada e 18 datas para a disputa dos
torneios regionais e estaduais.O Brasileirão deve começar no mesmo período da Copa do Brasil.

Há uma proposta para que a Copa tenha apenas um jogo em cada confronto (sem jogos de volta), mas isso ainda não foi aprovado. O grupo também anunciou que o Campeonato Brasileiro terá apenas nove rodadas no meio do semana – ao contrário de 12, como é atualmente – e duas paralisações para os jogos da Seleção nas Eliminatórias – provavelmente em setembro e outubro.

É uma tarefa muito complexa, Brasil é diferente de todo mundo. São
países pequenos.

Somos 27 naçoes. Cada nação tem seu campeonato nacional.

Os
estaduais têm que ser melhorados, temos que arranjar uma maneira. É uma tarefa
para gênios.

Adequar o lado financeiro, o lado técnico. É uma tarefa dificílima
se adequar.

A primeira dúvida era unificar ou não com a Europa e tivemos várias reuniões. A gente acha que primeiro deve
organizar internamente o calendário.

Segundo passo seria pensar em fazer uma
reforma muito grande. Isso foi tarefa dificílima – comentou o ex-técnico da seleção brasileira e membro do Comitê, Parreira.

Mais informações em instantes
.

Fonte: Globo Esporte