A “lei do ex” funcionou como uma luva na noite da última quinta-feira, quando Rafael Sobis desencantou e marcou três gols na vitória do Cruzeiro por 4 a 2 sobre o Inter, clube que o revelou para o futebol profissional. Com o “hat-trick”, o atacante chegou a 27,80 pontos e foi o maior pontuador da rodada #18 no Cartola FC – para a alegria de 428.623 cartoleiros.

Além dos três tentos (24,00), ele ainda roubou uma bola (1,70), finalizou três vezes para fora (2,10), sofreu uma falta (0,50) e cometeu outra (-0,50). Sobis, no entanto, não foi o único da Raposa que mandou bem na rodada.

Seu companheiro de ataque, Ramon Ábila, também se destacou, chegando a marca de 14,30 pontos – com um gol (8,00), uma finalização na trave (3,50), outra defendida (1,00), uma roubada de bola (1,70), três faltas recebidas (1,50), uma cometida (-0,50) e três passes errados (-0,90). Os meias Arrascaeta e Robinho e o técnico Mano Menezes completam a lista de destaques do Cruzeiro.

Suas pontuações foram 13,00, 11,30 e 6,58, respectivamente.Outro grande nome da rodada foi Reinaldo, da Ponte Preta.

O lateral foi o segundo maior pontuador com 18,90 pontos. Além de ter feito um gol (8,00) – um golaço, por sinal -, ele ainda recebeu o saldo da defesa (5,00), deu uma assistência (5,00), teve uma finalização defendida (1,00) e roubou uma bola (1,70).

Só não foi melhor porque errou seis passes e, por isso, perdeu 1,80 ponto. A Macaca venceu o Botafogo por 2 a 0 no estádio Moisés Lucarelli.

Por outro lado, a rodada #18 também foi marcada pelas decepções. A começar por Diego Souza, do Sport.

Presente em 1.733.

712 times, o meia foi o jogador mais escalado da vez, porém decepcionou. E muito! Ele recebeu um cartão amarelo (-2,00), errou três passes (-0,90), recebeu uma falta (0,50), cometeu outra (-0,50) e finalizou uma vez para fora (0,70), totalizando -2,20 pontos.

O Leão empatou, em casa, com o lanterna América-MG por 1 a 1 e não pode contar com o camisa 87 para a próxima rodada, que chegou ao terceiro cartão amarelo e está suspenso. O zagueiro Matheus Ferraz, também do Sport, foi outro que esteve entre os 10 mais escalados da rodada e não correspondeu.

Pelo contrário. O defensor fez -2,40 e frustrou a 1.

037.700 de cartoleiros.

A pior pontuação, todavia, ficou por conta do goleiro Wilson, do Coritiba. Após abrir o placar com Raphael Veiga, o Coxa levou três gols, o que complicou a situação do arqueiro não só no Campeonato Brasileiro, como também no Cartola FC.

Como não fez defesas difíceis, Wilson terminou a rodada com -6,00 pontos.Formada no 4-3-3, a equipe dos mais escalados da rodada #18
contou com: Magrão (Sport / em mais de 800 mil); Diego Renan (Vitória / em mais de 725 mil times), Matheus Ferraz (Sport o / em mais
de 1 milhão), Wallace Reis (Grêmio / em quase 1 milhão de times) e Samuel Xavier (Sport / 680 mil); Diego Souza (Sport / em mais de 1,7 milhão), Douglas (Grêmio / em mais de 1,4 milhão) e Vitor Bueno (Santos / em quase 930 mil); Rogério (Sport / em mais de 1,6 milhão), Paolo Guerrero (Flamengo
/ em 835 mil) e Miller Bolaños (Grêmio / em mais de 700 mil).

Oswaldo de Oliveira, do Sport, foi o
técnico mais lembrado. Ele esteve em mais de 1 milhão de esquadrões.

Na Liga Nacional, o maior pontuador da última rodada foi o
esquadrão “Tropicaall FC”, do cartoleiro Renato Hamerchlag, que somou 136,49 pontos.
Já o líder do campeonato até aqui passou a ser o time “negopreto”,
comandado por Fabio Moraes, que está com 1.

252,00 pontos acumulados.Confira abaixo a seleção da rodada #18:IMPORTANTE: como o Rio de Janeiro não poderá sediar jogos do Campeonato Brasileiro durante as Olimpíadas, a partida Botafogo x Grêmio foi adiada para 04 de setembro.

Este jogo, que é da 19ª rodada, não valerá para o Cartola FC.
.

Fonte: Globo Esporte