Tricolores. Do Rio de Janeiro e de São Paulo. Desses dois clubes saíram os três principais pontuadores da rodada #17 do Cartola FC.

A maior marca ficou por conta de Gustavo Scarpa, do Fluminense. O meia participou de todos os três gols da vitória sobre a Ponte Preta, em Édson Passos, e chegou a 16,50 pontos.

Presente em 290.896 times, ele deu três assistências (15,00), recebeu cinco faltas (2,50), cometeu duas (-1,00), roubou duas bolas (3,40), recebeu um cartão amarelo (-2,00), foi flagrado uma vez em impedimento (-0,50) e errou três passes (-0,90).

Logo atrás de Scarpa, aparecem Wellington Silva, também do Flu, e Cueva, do São Paulo, empatados com 15,80 pontos cada. O lateral foi o maior ladrão de bolas da rodada – com 7 ao todo (11,90)  – e ainda recebeu os 5,00 pontos do saldo da defesa e 0,50 de uma falta sofrida.

No entanto, perdeu pontos com dois passes errados (-0,60) e duas faltas cometidas (-1,00).Já Cueva foi o autor dos dois gols (16,00) do São Paulo no empate em 2 a 2 com a Chapecoense e ainda roubou uma bola (1,70) e sofreu três faltas (1,50).

Escalado por 714.975 cartoleiros, o peruano só não foi melhor porque cometeu uma falta (-0,50), recebeu um cartão amarelo (-2,00) e errou três passes (-0,90).

Quem também mandou bem foi Robinho, do Atlético-MG. O atacante esteve em pouco mais de 900 mil times e foi um dos mais escalados da vez.

Ele marcou 14,00 pontos e entrou na seleção da rodada #17 (veja no final da matéria).Douglas, do Grêmio, e Ricardo Oliveira, do Santos, também estiveram entre as maiores apostas do último final de semana, mas não corresponderam.

Pelo contrário. Ele fizeram -0,50 e -3,90, respectivamente.

Que decepção!O dono da pior pontuação, no entanto, foi Lucas, do Cruzeiro. Com um gol contra, o lateral chegou a -6,20 para a tristeza de de 128.

754 cartoleiros. Ele ainda cometeu uma falta (-0,50), sofreu outra (0,50), errou três passes (-0,90) e finalizou uma vez para fora (0,70).

A Raposa perdeu para o Santos por 2 a 0 e chegou ao sexto jogo sem vitória – cinco derrotas e um empate.Formada no 4-3-3, a equipe dos mais escalados da rodada #17
contou com: Alex Muralha (Flamengo / em mais de 500 mil), Fábio Santos (Atlético-MG / em mais de 830 mil times), Maicon (São Paulo / em mais
de 1,3 milhão), Erazo (Atlético-MG / em pouco mais de 715 mil) e Caju (Santos / 550 mil); Douglas (Grêmio / em mais de 1,4 milhão), Diego Souza (Sport / em mais de 1,1 milhão) e Vitor Bueno (Santos / em quase 970 mil); Robinho (Atlético-MG / em pouco mais de 900 mil), Paolo Guerrero (Flamengo
/ também em pouco mais de 900 mil) e Ricardo Oliveira (Santos / em 760 mil).

Oswaldo de Oliveira, do Sport, foi o
técnico mais lembrado. Ele esteve em 581.

047 times.Na Liga Nacional, o maior pontuador da última rodada foi o
esquadrão “_I_Sniper_I_ FC”, do cartoleiro Sniper, que somou 136,88 pontos.

Já o líder do campeonato até aqui é o time “p.i real f.

c”,
comandado por Cleisson, que está com 1176,83 pontos acumulados.Confira abaixo a seleção da rodada #17:IMPORTANTE: como o Rio de Janeiro não poderá sediar jogos do Campeonato Brasileiro durante a Olimpíada, a partida Fluminense x Figueirense, marcada para Édson Passos, na Baixada Fluminense, foi adiada para 3 de setembro.

Este jogo, que é da 18ª rodada, não valerá para o Cartola FC.
.

Fonte: Globo Esporte