Chegada animadaINDISPOSIÇÃOGOL IMPEDIDO?RECLAMAÇÃOVAIASBOLA NA TRAVEfaltou forçaadeus, deividFoi com um empate por 0 a 0 no Mineirão que o América-MG garantiu a classificação para a decisão do Campeonato Mineiro. Pior para o Cruzeiro, que havia perdido o jogo de ida das semifinais, no Independência, por 2 a 0 e precisava vencer por dois gols de diferença, mas acabou eliminado do Estadual. Segue o Coelho, que vai ter o Atlético-MG na decisão.

O time cruzeirense só pode reclamar do gol mal anulado de Bruno Rodrigo, aos 12 minutos do primeiro tempo, no duelo no Mineirão. Fora isso, a Raposa pouco criou e, quando finalizou, parou no goleiro João Ricardo.

Confira como foi o jogo de volta da semifinal do Mineiro, que culminou da saída do técnico Deivid do comando da Raposa.01Chegada animadaFabrício chegou ao Mineirão sabendo que seria titular contra o América-MG.

E chegou naquela animação. Sorriso no rosto e música no mais alto volume possível.

Foi difícil saber o que ele falou na entrevista. Veja aí se você consegue entender! 01INDISPOSIÇÃOPor causa de uma indisposição originada ainda na Paraíba, onde o Cruzeiro enfrentou o Campinense, na quarta-feira, pela Copa do Brasil, cinco membros da delegação tiveram que ter cuidados especiais, sendo quatro jogadores e um dirigente: o goleiro Rafael, o zagueiro Léo, o volante Lucas Romero e o meia Pisano, além do supervisor de futebol Pedro Moreira.

Léo e Romero, que seriam titulares, começaram o jogo no banco de reservas.01GOL IMPEDIDO?O Cruzeiro teve um gol invalidado pela arbitragem.

Aos 12 minutos do primeiro tempo, Willian cobrou falta da direita, Bruno Rodrigo apareceu livre e cabeceou para o gol. A bola foi para a rede.

Mas, a arbitragem parou o lance e marcou impedimento. Outros cruzeirenses estavam, Bruno não.

 01RECLAMAÇÃONo minuto seguinte, Victor Rangel foi lançado na área, caiu e reclamou de um toque. Arbitragem mandou seguir.

O atacante do Coelho reclamou bastante. 01VAIASInsatisfeita com o rendimento do Cruzeiro em campo, a torcida celeste vaiou o time durante parte da segunda etapa, cantou aquela tradicional musiquinha do “time sem vergonha!”, e deixou claro o seu descontentamento com a situação atual da equipe, que caminhava para a eliminação do Mineiro.

 01BOLA NA TRAVEAos 36, Allano fez boa jogada pela esquerda e cruzou, Alisson afastou antes de a bola chegar em Rafael Silva. Na sobra, Fabrício bateu de perna direita, a bola foi rasteira e bateu na trave! 01faltou forçaTrês minutos depois, Rafael Silva recebeu passe na área, ajeitou para Pisano, que veio de trás e.

..

chutou fraquinho, de bico. Fácil para João Ricardo.

 01adeus, deividHoras depois do apito final do juiz, a diretoria do Cruzeiro anunciou a saída do técnico Deivid. Mesmo com o treinador classificando o Cruzeiro como primeiro da fase de
classificação do Campeonato Mineiro e de forma invicta, o comportamento
da equipe não estava agradando.

A eliminação do Estadual culminou com o fim da era Deivid. Em 2016,
foram 18 jogos sob o comando do técnico, com 11 vitórias, cinco empates e duas derrotas, pelo
Campeonato Mineiro, Primeira Liga e Copa do Brasil,
além de um amistoso contra o Rio Branco.

 
.

Fonte: Globo Esporte