Ezequiel fez a primeira partida como titular do Cruzeiro no último domingo. O catarinense foi bem no empate por 2 a 2 com o Coritiba, no Independência, e pode ter colocado uma pulga atrás da orelha do técnico Mano Menezes. Lucas, o titular da posição, estava suspenso, com três cartões amarelos.

O reserva imediato é Mayke, que está apurando o condicionamento físico após se recuperar de contusão. Ezequiel é, em teoria, a terceira opção.

Mas a boa atuação diante do time paranaense pode fazer com que ele ganhe a posição. – Isso é normal.

Todo clube tem isso. É procurar estar bem e deixar na mão do professor.

Ele sabe bem o que está fazendo. Quem entrar dentro de campo tem que trabalhar para deixar o Cruzeiro onde ele merece.

Na autoavaliação de sua participação domingo passado, Ezequiel acredita estar na média. Humilde, o lateral afirma que tem muito a crescer ainda e que espera outras chances no time titular.

LEIA MAISMano quer manter tranquilidade para trabalhar: “Não pode criar fantasma”Cruzeiro vai sentir falta de Fábio, mas tem como superar, diz comentarista- Foi na média. Tem muita coisa para melhorar ainda.

Tenho muito a evoluir. Eu acho que o mais importante era a vitória, mas infelizmente não veio.

Vou continuar trabalhando e espero estar à disposição para quando o professor precisar.O Cruzeiro volta a campo no próximo domingo, às 18h30 (de Brasília), quando enfrenta o Figueirense, em Florianópolis.

Ezequiel, que era jogador do Criciúma, conhece bem o adversário.- A gente tem uma semana para trabalhar, uma semana cheia.

O professor vai organizar a equipe com uma estratégia boa, porque a gente tem condições de jogar bem contra o Figueirense e conseguir uma boa vitória lá (no estádio Orlando Scarpelli).
.

Fonte: Globo Esporte