A delegação do Cruzeiro desembarcou em Belo Horizonte na tarde desta terça-feira, após o empate por 1 a 1 com o Corinthians, em São Paulo, nessa segunda. Os semblantes dos jogadores eram de tranquilidade. O time preferiu não comentar o erro grosseiro do árbitro Dewson Fernando Freitas, que não marcou um pênalti claro sobre Ramón Ábila, no primeiro tempo (reveja no vídeo acima).

LEIA TAMBÉM:>> Mano evita projeções sobre saída do Z-4 e chama torcida para jogo do CoxaO atacante argentino foi um dos que falou com a imprensa. Ele disse que o time está crescendo de produção a cada dia e que a confiança está aumentando cada vez mais.

– Estamos com um sentimento de alegria. Creio que a equipe
funcionou bem, como queríamos.

Merecíamos um resultado melhor. Que este
jogo seja para aumentar nossa confiança e para somarmos pontos, que é o
que mais precisamos.

Sobre o lance do pênalti, Ramón Ábila não quis aumentar a polêmica. O argentino ainda sente dores no joelho atingido pelo goleiro Cássio, mas garante que estará pronto para o próximo jogo, domingo, às 16h (de Brasília), diante do Coritiba, no Independência.

– Eu me lembro do que as imagens mostram. Não há muito o que falar.

Por sorte existem as imagens que mostram o que se passou na jogada. Sinto um pouquinho de dor sim, mas não é nada demais.

Já está melhorando.Diante do CoxaNa partida contra o Coritiba, o Cruzeiro terá de volta o goleiro Fábio, que cumpriu suspensão por três cartões amarelos.

As participações do volante Ariel Cabral e do meia Arrascaeta serão definidas durante o restante da semana. O argentino teve uma entorse no joelho esquerdo, enquanto o uruguaio teve o mesmo problema, só que no tornozelo direito.

No desembarque, ambos disseram que estão confiantes em relação à participação no jogo contra o Coritiba, domingo. O Cruzeiro soma 19 pontos e é o antepenúltimo colocado no Campeonato Brasileiro.

Se vencer os paranaenses. o time celeste tem grandes possibilidades de deixar o Z-4.

.

Fonte: Globo Esporte