Chegou a 55 o número de jogadores precificados para a primeira rodada do Cartola FC 2016. Cinco atletas tiveram seus preços divulgados nesta quarta-feira. Dois são do Cruzeiro.

O goleiro Fábio e o meia Robinho, que chegou ao clube mineiro vindo do Palmeiras. Os outros são o zagueiro David Braz, do Santos; o atacante Luan, do Grêmio; e o também atacante Lucca, do Corinthians.

  Fábio é uma opção para o gol que deve ter bastante trabalho, já que o Cruzeiro estreia fora de casa contra o Coritiba. O valor do arqueiro ficou em C$ 9.

Agora companheiro de clube do arqueiro, Robinho ficou um pouco mais barato: C$ 7. Os dois atacantes precificados possuem boa diferença de valores e irão se enfrentar na rodada de abertura.

Lucca, do Corinthians, custará C$ 8,50. O adversário que vai visitar a equipe paulista em sua arena é o Grêmio, que terá Luan valendo C$ 14 na primeira rodada do Cartola.

O zagueiro David Braz, do Santos, completa a lista com o valor de C$ 8. O Peixe enfrenta o Atlético-MG, no Independência.

  Nesta terça-feira foram confirmados os preços de 13 jogadores. Outros 30 foram precificados na segunda.

Os valores variam entre C$ 15 e C$ 28. O valor de sete já tinham sido conhecidos através das enquetes de bons e baratos, em que os mais votados custarão C$ 5.

 O mercado abrirá na próxima semana.Neste ano, o jogo virtual ganha
ainda uma versão Pro.

Por apenas R$ 5,70 por mês ou R$ 39,90 à vista, o
cartoleiro pode se transformar em um “Cartoleiro Pro”, criar e
participar de mais ligas e ter acesso a itens exclusivos. Vale ressaltar
que o Cartola FC 2016 continua gratuito, mas com uma versão paga que
apresenta mais funcionalidades e opções como a personalização premium,
criação e participação de cinco ligas clássicas, criação e participação
de ligas mata-mata e a liga PRO premiada.

Quem optar pela versão
gratuita, terá direito a personalização básica, criação e participação
de duas ligas clássicas e participação de cinco ligas clássicas.  Outra exclusividade do cartoleiro Pro é a criação das ligas
mata-mata, que tem foco no curto-prazo e coloca no game o popular método
de competição onde duas equipes se enfrentam e a que perde a partida é
eliminada.

A ideia é ter uma modalidade que não precise de 38 rodadas
para determinar um campeão. Nas disputas de mata-mata, será possível jogar um
“mini-Cartola” de duas a cinco rodadas, com quatro a 32 jogadores, em
confrontos diretos.

O cartoleiro Pro terá a possibilidade de convidar
seus amigos para participar, inclusive aqueles que não adquirirem o
pacote especial. O usuário terá também acesso a uma galeria exclusiva de
camisas e escudos para a criação de seus times.

.

Fonte: Globo Esporte