O Cruzeiro fez três gols, ganhou três pontos e aumentou para quatro os jogos a série invicta sobre o maior rival. Mas a Raposa também perdeu quatro jogadores para enfrentar o Flamengo, quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), no Mineirão. Lucas, Bryan e Lucas Romero foram expulsos, enquanto Bruno Viana levou o terceiro cartão amarelo.

Robinho ainda está no departamento médico, por causa de um edema na coxa direita.LEIA TAMBÉM:>> Vitória do Cruzeiro em estreia de Fred rende zoações a atleticanos na web>> Cruzeiro vence no Horto, mais uma vez, sai do Z-4 e afunda Atlético-MG no Brasileiro>> Riascos exorciza “fantasma” do Horto e comemora primeiro gol pelo CruzeiroNesta lista de baixas não entram os jogadores que estavam há mais tempo no departamento médico: os zagueiros Dedé e Manoel, o meia Marcos Vinícius e o atacante Judivan.

Com eles, a conta chegaria a nove desfalques. O meia Élber, que saiu sentindo dores musculares, preocupa e será reavaliado pelos médicos.

Paulo Bento também não terá o auxiliar técnico, Ricardo Peres, que foi outro expulso no clássico com o Atlético-MG.Quais seriam os possíveis substitutos? Para a defesa, Léo entraria para jogar ao lado de Bruno Rodrigo.

Na direita, Mayke, que já está recuperado, pode ter seu retorno antecipado. Na esquerda, Paulo Bento não tem reserva de origem e terá de improvisar Allano ou Bruno Ramires, pois o argentino Sánchez Miño, que atuava no setor, rescindiu com o clube.

Para o lugar de Romero, Ariel Cabral é a principal opção. Independentemente de quem tiver à disposição, Paulo Bento quer a mesma postura adotada no clássico para o jogo contra o Flamengo.

– Quero os que jogadores aproveitem. Mas até amanhã (segunda-feira), voltaremos a
treinar, estamos a 48 horas do jogo com o Flamengo.

A verdade é que temos
a oportunidade de fazer, com muitos dificuldades, pela equipe, mas temos que fazer a vitória .
E tentar fazer a partir de amanhã.

Vou ver quarta-feira (a postura). Vou ver quarta.

Se for diferente de
hoje, teremos que ter uma conversa. Se for igual a hoje, estaremos no bom caminho – disse o treinador.

Vai avaliarO treinador também informou que também vai avaliar a imagem das expulsões dos três jogadores cruzeirenses. O estrangeiro adiantou que, pelo que viu durante a partida, pesou muito mais a falta de critério da arbitragem.

– Era um fato que tinha ocorrido no primeiro
jogo em Curitiba, ocorreu com dois jogadores, dois deles  que também foram em Curitiba.
Teremos como analisar situações, não foram todas iguais.

Situação de Lucas e Romero foi exagerado. Lucas
com duas faltas durante o jogo, acabar por tomar dois amarelos, foi exagero, sendo que alguns jogadores do time deles tinham feito faltas semelhantes e não haviam sido advertidos.

A questão do
Romero foi parar uma jogada na defesa, sendo que já estávamos com um a menos, sendo que
adversário fez a mesma coisa e não teve o mesmo critério. Me pareceu da
arbitragem.

 
.

Fonte: Globo Esporte