A confirmação do Cruzeiro na primeira posição do Campeonato Mineiro era questão de tempo depois da vitória no clássico contra o Atlético-MG. Jogando em casa, o time azul fez valer a superioridade técnica sobre o Guarani-MG e venceu por 2 a 0, no Mineirão. Com o triunfo, a Raposa chegou aos 26 pontos e terá a vantagem de decidir em casa e jogar por resultados iguais até a decisão do estadual.

Com grande atuação no primeiro tempo, o Cruzeiro decidiu a partida nos
primeiros 45 minutos. Alisson, aproveitando grande jogada de Elber, e
Sánchez Miño, em cobrança de falta indefensável, fizeram os gols do
Cruzeiro.

O Guarani-MG teve poucas chances. A melhor chance foi com Júnior Barros, aos 20 do segundo tempo, mas a bola foi para fora.

Na próxima rodada, o Cruzeiro encara o Boa Esporte, em Varginha, às 16h (de Brasília), apenas para cumprir tabela, já que garantiu a primeira rodada. Já o Guarani-MG tem o Villa Nova-MG pela frente, em Divinópolis, para seguir lutando por uma vaga na elite do futebol estadual.

Vitória tranquilaMesmo precisando apenas de um ponto para se consolidar na primeira posição, o Cruzeiro não mostrou postura defensiva e foi para cima do adversário. A primeira chance veio aos 10 minutos, em cobrança de falta de Arrascaeta que parou na trave.

O gol demorou mais oito minutos para sair. Após boa trama na direita, Elber cruzou rasteiro e Alisson completou para as redes.

Com calma e tranquilidade, o Cruzeiro seguiu pressionando, muito em função da boa partida de Élber, que ditou o ritmo do ataque azul. O segundo gol era questão de tempo, e ele veio em bonita cobrança de falta.

Se quase da mesma posição Arrascaeta acertou a trave, Sánchez Miño mandou o ângulo e fez 2 a 0, placar do primeiro tempo.Com a vantagem construída no primeiro tempo, coube ao Cruzeiro apenas administrar a vantagem e a vitória.

O time recuou muito e cedeu espaço, mas faltou qualidade técnica para o time de Divinópolis, que chegou algumas vezes, mas não acertou o gol de Fábio. Do outro lado, a equipe celeste, quando pressionou, parou na trave por duas vezes, com Alisson e Elber.

.

Fonte: Globo Esporte