Elber tem feito boas partida com a camisa do Cruzeiro, mas ainda não ganhou a vaga de titular. No entanto, após a derrota para o América-MG, neste sábado, no Independência, por 2 a 0, pela primeira partida da semifinal do Campeonato Mineiro, o técnico Deivid foi questionado sobre se o jovem meia – que entrou durante o jogo – não merecia uma vaga no time titular no lugar do companheiro de posição uruguaio. O comandante da Raposa admite que Elber vive uma ótima fase, mas prega uma coerência com as atuações do concorrente.

 – O
difícil não é dar treino, é você ter uma gestão. Como eu tiro o Arrascaeta, que
é um jogador de seleção, e coloco o Elber? Não é que está mal, é que o Elber
está voando.

Eu tenho que ser justo, tanto que eu conversei com ele. É olho no olho,
eu falei que ele vai ter a oportunidade e vai agarrar, porque tá voando.

Tenho que ser justo. O meu compromisso com ele
é de ser justo.

O próximo desafio do Cruzeiro é nesta quarta-feira, na Paraíba, contra o
Campinense, às 21h45 (de Brasília), pela estreia do clube na Copa do
Brasil. Depois, a Raposa volta suas atenções para o Campeonato Mineiro,
onde encara novamente o América-MG, no Mineirão, no próximo domingo, as
16h.

O Cruzeiro precisa vencer por dois gols de diferença para se
classificar para a grande decisão, já que a liderança na primeira fase
dá direito ao time celeste de jogar por uma derrota e uma vitória pela
mesma diferença de gols. O treinador disse que pretende utilizar mais jogadores e dar chances a talentos da base.

Alex, que se destacou na Copa São Paulo de Futebol Júnior, é um deles. Deivid garante que ele terá chance, mas pede calma à torcida.

– Eu vinha colocando o Pisano. O Alex subiu agora, tem que ter calma.

Não posso colocar um menino num jogo desse e queimá-lo. Temos que ter
tranquilidade.

Não adianta eu analisar em cima do resultado. Tenho que
analisar em um contexto geral.

A hora dele vai chegar. 
.

Fonte: Globo Esporte