goleirolateraiszagueirosmeiasatacantesTécnicoPouquíssimo tempo para escalar um time devido ao erro na súmula do jogo Palmeiras 4 x 0 Figueirense, então as Dicas Econômicas do Cartola para a rodada #13 vão direto ao assunto, lembrando que Sport x Palmeiras, na segunda-feira, também valerá para o Cartola FC. Cinco dos sete melhores mandantes jogam em casa na rodada #13: Corinthians, Atlético-PR, Santos, Internacional e Figueirense, pela ordem. São apostas atraentes.

E três dos quatro piores visitantes viajam nesta rodada: Coritiba, América-MG e Santa Cruz, pela ordem inversa. Confronto entre os extremos há apenas um: Atlético-PR x América-MG, o que torna a equipe paranaense como franca favorita.

A equipe econômica recomenda fortemente a defesa do Atlético-PR.Outro favorito é o Fluminense, que recebe o Coritiba.

Embora a campanha do clube carioca seja bastante irregular (53% de aproveitamento em casa, com duas vitórias, dois empates e uma derrota), vai receber o Coritiba (7% como visitante, zero vitória, um empate e quatro derrotas). A última vitória do Coritiba como visitante nesse confronto foi em 2009.

De lá para cá, três vitórias do Fluminense e dois empates.Em uma rodada com megaclássicos, é bom levar em consideração alguns detalhes: o Internacional é o sexto melhor mandante (72%, quatro vitórias, um empate e uma derrota); o Grêmio, o nono melhor visitante (33%, uma vitória, três empates e duas derrotas).

Mas se historicamente o Grêmio foi muito competitivo no Beira Rio, de 2004 para cá, em Campeonatos Brasileiros, o Inter venceu seis, houve três empates e o Grêmio venceu duas (em 2007 e 2012) em 11 partidas. O Internacional vem de três derrotas e um empate.

A saber se vinha poupando energias já com foco no Gre-Nal.O Corinthians é o segundo melhor mandante do Brasileirão (89%, cinco vitórias, um empate e nenhuma derrota) e vai receber o melhor visitante, o Flamengo (60%, três vitórias e duas derrotas).

Desde 2010, em Brasileirões foram seis vitórias do Corinthians nos seis jogos que mandou, 13 gols a favor e três contra.Uma partida para se analisar com cuidado é Cruzeiro x Vitória.

O Cruzeiro tem encontrado dificuldades como mandante, o pior desempenho da competição (33%, uma vitória, dois empates e duas derrotas). Já o Vitória tem um desempenho intermediário como visitante, mas na segunda metade da lista, entre os piores (28%, uma vitória, dois empates e três derrotas).

Só que na história dos Brasileirões foram 14 vitórias do Cruzeiro quando mandante, um empate e apenas duas vezes o Vitória venceu em 17 jogos.E o líder Palmeiras? Fora de casa, não vem bem (27%, uma vitória, um empate e três derrotas) e viaja para enfrentar o Sport, que está entre os seis piores mandantes (53%, duas vitórias, dois empates e uma derrota).

Vale a pena apostar no visitante? A história desse confronto é muito equilibrada quando disputado no Recife. Foram seis vitórias do Sport, cinco empates e sete vitórias do Palmeiras.

Na rodada passada, o Palmeiras teve mais facilidade contra o Figueirense do que o Sport, que caiu por 3 a 2 contra o Vitória. O físico pode fazer a diferença a favor do Palmeiras.

A equipe sugerida para a rodada #13 custa C$ 94,70. Atenção porque o mercado fecha às 14h deste sábado.

Não perca tempo e monte o seu time! Mas é fundamental ficar ligado no Plantão para saber se algo muda nos times de última hora.01GOLEIROMuriel (Internacional) – C$ 3,65Tem um jogo duríssimo pela frente, contra o Grêmio.

Por outro lado, o Internacional vem obtendo sucessos consecutivos no Gre-Nal quando mandante. De 2004 para cá foram duas vitórias do Grêmio em 11 jogos.

Mas para quem busca valorização, há outra questão importantíssima: será apenas o segundo jogo de Muriel e ele vem de marcar 10,0 pontos, o que empurra sua média muito para cima, mesmo que tenha uma atuação apenas regular. Aposta de risco, mas como o investimento é baixo, esse risco é pequeno frente a possibilidade de valorização.

01LATERAISLéo (Atlético-PR) – C$ 3,19Recebe o América-MG, o pior visitante da competição (ao lado do Coritiba, 7%, zero vitória, um empate e quatro derrotas). Por outro lado, o Atlético-PR vem baseando sua campanha no sucesso em casa, o terceiro mandante mais eficaz (87%, quatro vitórias, um empate e nenhuma derrota).

Por sua vez, Léo está exigindo baixo investimento, vem de desvalização, mas em cinco das seis rodadas anteriores pontuou próximo de 5,0 com dois picos próximos de 10,0. Tem bom potencial.

Luís Ricardo (Botafogo) – C$ 8,78Recebe o Santa Cruz em Juiz de Fora-MG. Historicamente, o Botafogo se impõe nesse confronto quando mandante, com cinco vitórias, nenhum empate e duas vitórias do Santa em sete confrontos.

Embora com tantas viagens o Botafogo venha patinando como mandante (tem a quarta pior campanha, 44%, duas vitórias, dois empates e duas derrotas), o Santa Cruz como visitante está bem menos regular (13%, nenhuma vitória, doias empates e três derrotas). Nas últimas três rodadas, Luis Ricardo passou de 8,0 em duas.

Vale a pena também considerar Carlos Cesar (Atlético-MG) – C$ 9,53. Já roubou 12 bolas em cinco partidas e não levou cartão.

Joga fora de casa contra o Figueirense, sétimo melhor mandante do Brasileirão, mas historicamente, o Atlético-MG tem vantagem nesse confronto. Foram três vitórias do Figueirense, dois empates e cinco vitórias do Atlético-MG em dez partidas.

A equipe mineira é a quinta melhor visitante (40%, uma vitória, três empates e uma derrota), de modo que deve lutar muito e conquistar algumas roubadas de bola. Prato feito para Carlos Cesar.

 01ZAGUEIROSPaulo André (Atlético-PR) – C$ 2,99Apresenta uma combinação muito atraente: baixo investimento e a segundo melhor média de pontuação entre todos os zagueiros “prováveis” no momento da produção das Dicas Econômicas. Nos últimos quatro jogos que disputou, passou de 10,0 duas vezes e vai receber o lanterna América-MG, pior ataque no geral com média de 1,03 gol por partida e 0,80 gol quando visitante.

Tem bom potencial de pontuação e valorização.Thiago Heleno (Atlético-PR) – C$ 7,31Embora isso traga um certo risco, é sedutor apostar na dupla de zagueiros do Atlético-PR por tudo que já foi comentado.

Thiago Heleno ainda aparece no ataque nas jogadas de bola parada, o que aumenta seu potencial de pontuação, principalmente contra uma equipe que passa por momentos de instabilidade como a do América-MG.01MEIASBruno Silva (Botafogo) – C$ 8,09Segue sendo um motorzinho no meio-campo do Botafogo já tendo conseguido 27 roubadas de bola em 12 partidas e apenas dois cartões amarelos.

Desde a segunda rodada vem pontuando positivamente e segue uma trajetória de valorização na últimas três rodadas, mesmo com o Botafogo apresentando uma campanha irregular.Vitor Bueno (Santos) – C$ 10,96Tem a décima melhor média entre os meias que apareciam como “provável” no fechamento das Dicas Econômicas do Cartola e nenhum dos nove que o antecedem são mais baratos do que ele.

Tem aparecido bem na equipe do Santos, principalmente quando mandante (quatro gols e exigiu três defesas difíceis em cinco jogos, sem contar as assistências para finalização e a participação na bola parada). O Santos só enfrentou a Chapecoense duas vezes como mandante e venceu ambas.

Élber (Cruzeiro) – C$ 13,63Recuperado de um edema na coxa, teve tempo para fazer trabalho físico específico que lhe permita desempenhar o grande potencial que o leva a roubar bolas e empurrar o Cruzeiro ao ataque. Desde 2000, o Cruzeiro venceu sete e o Vitória apenas uma em oito jogos com mando dos mineiros.

Vem de desvalorização após a derrota fora de casa para a Chapecoense e em casa já mostrou que tem bola para se valorizar.01ATACANTESRodrigão (Santos) – C$ 9,73O Artilheiro do Ano desvalorizou na rodada passada contra o Grêmio, mas mesmo no Sul mostrou movimentação e visão de jogo em passes de primeira.

Em três jogos conseguiu seis finalizações com dois gols, além de uma assistência. É simplesmente a melhor média entre todos os atacantes prováveis e custa um terço do valor de Gabriel Jesus (Palmeiras) – C$ 31,03, dono da segunda melhor média com 12 jogos disputados.

Ángel Romero (Corinthians) – C$ 9,82Suas precisão e técnica já vinham sendo comentadas nas Dicas Econômicas do Cartola. Só não era escalado aqui porque não aparecia como “provável.

Ele disputou seis jogos, mas nas duas primeiras rodadas e nas últimas quatro, quando nessas recentes pontuou no mínimo 8,0. Enfrenta o Flamengo, em um jogo duríssimo.

Mas com dois gols e duas assistências, tem demonstrado que aproveitou bem o tempo que ficou apenas treinando, sem ser titular. Agora, aproveita com unhas e dentes a oportunidade que chegou.

Sempre bom reforçar que aqui não se faz futurologia. Impossível saber o que acontecerá contra o Flamengo, domingo, mas desde 2010 foram seis jogos com mando do Corinthians, que venceu todos.

Com esse retrospecto, apostar em Ángel Romero, com é bastante razoável. Ainda mais com o baixo investimento que exige.

Gabriel (Santos) – C$ 10,48Já aparece como um dos mais escalados para esta rodada. Faz sentido apostar em dois atacantes do Santos? Como estão exigindo baixo investimento, o Santos joga em casa e tem excelente desempenho na Vila Belmiro, sim faz.

Há um outro motivo para dobrar a aposta: a Chapecoense é o segundo time mais eficaz como visitante (44%, duas vitórias, dois empates e duas derrota). Embora isso pareça um contrassenso, não é.

Considerados apenas desempenhos quando visitantes, a Chapecoense tem o melhor ataque, com média de 1,67, o que torna um risco apostar em defensores santistas nesse jogo. Mas defensivamente, a equipe tem a terceira defesa mais vazada quando joga fora de casa, com média de 2,17 gols sofridos por jogo.

Levou dois do Flamengo, três do Coritiba, dois da Ponte Preta, um do Vitória e cinco do Sport. Jogando aberto desse jeito fora de casa, os jogadores mais ofensivos do Santos têm grande potencial de pontuação/valorização, pois a equipe santista é muito organizada.

01TÉCNICO Paulo Autuori (Atlético-PR) – C$ 6,07Recebe no gramado sintético da Arena da Baixada o lanterna da competição. Sua equipe parece reservar energia para os jogos em casa, o que lhe dá amplo favoritismo.

Se as Dicas Econômicas do Cartola se arriscam com três defensores do Atlético-PR, nada mais natural do que indicar também o treinador dessa equipe.

.

Fonte: Globo Esporte