O momento do Cruzeiro mudou completamente na última semana.
O time chegou a ser lanterna do Brasileirão após a derrota para o Grêmio, na
nona rodada, mas depois disso conseguiu a reação e a ascensão na tabela. Com as
vitórias por 4 a 0, sobre a Ponte Preta, em Campinas; e 2 a 1, sobre o Palmeiras, no Mineirão (confira no vídeo acima); o time de
Paulo Bento chegou a 14 pontos e à 12ª posição na tabela de classificação.

Contra a Chapecoense, nesta quarta-feira, às 21h (de Brasília), em Santa Catarina, a Raposa pode
conquistar a terceira vitória consecutiva, chegar aos 17 pontos e se aproximar
do G-4.LEIA TAMBÉM:>>Baixa de última hora: Alisson treina, mas é vetado para jogo com a ChapeO astral mudou totalmente na Toca da Raposa II.

Se antes, a preocupação era com o rebaixamento, agora o time mira as posições de cima na tabela. O otimismo ficou ainda maior após a chegadas de Ramón Ábila e Rafael Sobis, reforços de peso para o ataque cruzeirense.

O ânimo da torcida é grande e deve aumentar caso a terceira vitória consecutiva chegue.O meia Arrascaeta, que vem sendo um dos principais jogadores do time no Campeonato Brasileiro, lembra da sequência pesada de jogos com intervalo curto entre eles, mas ainda assim espera um bom resultado, mesmo jogando em Santa Catarina.

– Vamos ter um desafio muito grande fora de casa, tentar
vencer a terceira partida consecutiva, que ainda não conseguimos no campeonato.
Temos que estar preparados.

Não foram muitos dias que tivemos para descansar,
mas sabemos que o futebol brasileiro é assim”CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO DO CAMPEONATO BRASILEIRO

Se o Cruzeiro está embalado pelos bons resultados, a
Chapecoense vive situação oposta. O time catarinense sofreu, na última rodada, a maior
goleada da competição até o momento.

Na Ilha do Retiro, no Recife, o
Sport goleou a Chape por 5 a 1, no primeiro jogo após a saída de Guto Ferreira
do comando da equipe (veja como foi no vídeo abaixo). O jogo desta quarta marca a estreia do técnico Caio Júnior na Chapecoense, já que quem comandou a equipe no último jogo foi Emerson Cris,
treinador do time sub-20.

  

A campanha do adversário em casa é curiosa. A
Chapecoense está invicta na Arena Condá, mas é, ao mesmo tempo, o segundo pior
mandante do Brasileirão – melhor, apenas, do que o próprio Cruzeiro.

Isso
porque venceu apenas um jogo e empatou quatro. Empates, inclusive, tem sido
constantes na campanha da Chape.

É o time que mais ficou na igualdade no campeonato, foram
seis vezes. O Cruzeiro é o segundo melhor visitante do
Brasileirão: venceu três jogos fora de cas e tem aproveitamento de 50%, inferior apenas
ao do Flamengo.

Mais uma vez, o treinador Paulo Bento não vai repetir
a escalação da última partida do Cruzeiro. Na zaga, Bruno Rodrigo está suspenso
por três cartões amarelos e será substituído por Fabrício Bruno ou Léo.

No
ataque, Alisson foi cortado de última hora e deve dar lugar a Élber – que volta
de lesão – ou Riascos.Veja as informações para o jogo entre Chapecoense e Cruzeiro, nesta quarta-feira:Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)Data e horário: quarta-feira, 21h (horário de Brasília)Escalação provável do Cruzeiro: Fábio; Mayke, Fabrício Bruno, Bruno Viana, Bryan; Lucas Romero,
Henrique, Bruno Ramires, Arrascaeta; Riascos (Élber), Willian.

Desfalques do Cruzeiro: Alisson, Robinho, Dedé, Manoel, Marciel, Marcos Vinícius e Judivan Escalação provável da Chapecoense: Danilo; Gimenez, Marcelo, Thiego e Cláudio Winck; Josimar,
Cleber Santana e Rafael Bastos (Arthur Maia); Lucas Gomes, Bruno Rangel e
SilvinhoDesfalques da Chapecoense: Dener,
Neto, Gil, Martinuccio, Moisés, Sérgio Manoel e Alan RuschelTransmissão: Premiere (com Cleiton Cesar e Índio)Arbitragem: Rodolpho Toski Marques, auxiliado por Luiz H
Souza Santos Renesto e Victor Hugo Imazu dos Santos (todos do Paraná)
.

Fonte: Globo Esporte