Ariel Cabral é peça fundamental no esquema tático de Deivid. O volante é uma espécie de termômetro do Cruzeiro. Tanto que às vezes esquenta, como no desentendimento com o lateral Mayke, no treino de sexta-feira (confira no vídeo acima).

Quando Cabral está bem, o time joga bem. O contrário também acontece.

A evolução do time é nítida, do início da temporada para o atual momento. O volante argentino acredita que o crescimento da equipe se deu por vários fatores e ele enumera quais são.

– Melhoramos a posse de bola, passamos a ser mais verticais. Ganhamos confiança partida a partida.

Não conseguíamos fazer gols porque tentávamos chegar com dois, três toques ao ataque, mas agora estamos melhorando.
Agora estamos mais tranquilos.

A torcida e nós estamos mais confiantes.LEIA TAMBÉM:>> Com invencibilidade e vaga em jogo, América-MG e Cruzeiro abrem semis do Mineiro>> Cruzeiro repete “fórmula” da artilharia dividida, sucesso no biênio de ouroA chegada do compatriota Lucas Romero foi decisiva para o crescimento de Cabral.

Ao lado de Henrique, eles formam um trio de volantes consistente na defesa e útil para o ataque. O pior momento de Ariel foi justamente quando o Cruzeiro atuou com apenas dois cabeças de área.

Apesar disso, ele afirma não ter preferência por um esquema tático ou outro. Melhoramos a posse de bola, passamos a ser mais verticais.

Ganhamos confiança partida a partida. A torcida e nós estamos mais confiantes.

– Quando nos ajudamos uns aos outros, fica mais
fácil. Me sinto muito cômodo em campo.

Temos que nos adaptar à maneira
que o Deivid quiser, com dois ou três volantes. Vamos seguir trabalhando, como fizemos ao longo do campeonato.

Deivid
sabe como devemos jogar taticamente. Vamos tentar trabalhar o máximo
para mostrar isso contra o América-MG.

Cruzeiro e América-MG se enfrentam às 16h20 (de Brasília) deste sábado, no Estádio Independência, em Belo Horizonte, pela primeira partida da semifinais do Campeonato Mineiro. O Cruzeiro joga por dois empates ou vitória e derrota pela mesma diferença de gols para avançar à final.

.

Fonte: Globo Esporte