Rosto conhecido da torcida cruzeirense e
amado por muitos da torcida atleticana, o técnico Cuca volta à
Belo Horizonte depois de quase três anos. No duelo do Palmeiras contra o time celeste, neste
sábado, às 19h (de Brasília), no Mineirão, o treinador vai reencontrar o palco do
maior título de sua carreira: a Taça Libertadores de 2013, conquistada quando comandava o Galo.Em
terras onde conquistou boas lembranças, o treinador lembra saudosista de sua
passagem pela capital mineira entre os anos de 2010 a 2013.


Tem dois anos e meio, quase três que não venho para cá. Tenho muita saudade
daqui, do povo todo.

Treinei o Cruzeiro, e fomos vice-campeões brasileiro,
campeões mineiro. Com o Atlético-MG fomos bicampeões mineiro, vice-brasileiro,
campeões da Libertadores, que é o maior título que eu tenho.

Tenho um apreço
muito grande por toda a torcida do Atlético-MG. Hoje a gente vem como adversário
do Cruzeiro, mas com uma amizade muito grande, e um respeito muito grande que
eu tenho por toda a cidade.

O
técnico de 53 anos treinou o Cruzeiro entre 2010 e o começo de 2011. Já no segundo semestre de 2011 foi para o Atlético-MG, onde permaneceu até o
ano de 2013.

Em uma das melhores fases de sua carreira, conseguiu grandes
vitórias com o clube alvinegro, sendo uma delas evitar o rebaixamento no ano
que assumiu o cargo de treinador do Galo.Depois
que Atlético-MG perdeu o Mundial de Clubes, em 2013, o treinador foi desligado
do clube e partiu para o futebol chinês.

Entre os anos de 2014 e 2015 comandou
o Shandong
Luneng, voltando para o Brasil e assumindo o Palmeiras em 2016.(*) Ana Laura Nogueira, sob a supervisão de Rafael Araújo
.

Fonte: Globo Esporte