A primeira rodada do Campeonato Brasileiro 2016 teve a pior média de gols da história da competição, com as redes balançando em apenas 14 oportunidades. E os goleiros, grandes “vilões” do “É Gol!!!” tiveram grande participação nesse início desastroso dos atacantes no Nacional. Por isso, o programa abriu enquete para saber quem foi o autor da defesa mais bonita do final de semana.

Os indicados são Fábio, do Cruzeiro; Júnior Oliveira, do Figueirense; Magrão, do Sport; Danilo, da Chapecoense; João Ricardo, do América-MG (assista ao vídeo). Clique aqui e vote na defesa mais bonita da rodadaO primeiro candidato é um goleiro que já está acostumado a estragar a festa dos atacantes adversários.

E contra o Coritiba, mesmo que não tenha conseguido impedir a derrota do Cruzeiro por 1 a 0, Fábio mostrou mais uma vez agilidade e elasticidade para se esticar todo e impedir o gol do Coxa, após cabeçada do zagueiro Juninho no cantinho esquerdo da meta mineira. Fábio se estica todo para impedir mais um gol do Coritiba contra Cruzeiro (Foto: Reprodução/SporTV)Segundo concorrente, o goleiro Júnior Oliveira, do Figueirense, contribuiu muito para que a partida contra a Ponte Preta, em Florianópolis, terminasse empatada em 0 a 0.

O arqueiro do time catarinense mostrou coragem e reflexo para ir até a entrada da área e defender o chute de Clayson, da equipe paulista. Na vitória do Flamengo sobre o Sport por 1 a 0, o goleiro Magrão foi, mais uma vez, um dos grandes nomes do time pernambucano em campo.

O experiente atleta fez uma linda defesa ao impedir o gol de Allan Patrick, que pegou de primeira o cruzamento da esquerda, de Jorge.Em outro 0 a 0 na rodada inicial do Brasileirão, o goleiro Danilo, da Chapecoense, fez mais do que uma defesa espetacular no jogo contra o Internacional, em Porto Alegre.

O arqueiro “esbanjou” e fez logo duas intervenções lindas na partida no Beira-Rio. Primeiro, ele defendeu o pênalti cobrado pelo zagueiro Paulão.

Logo em seguida, o jogador da Chape mostrou reflexo e agilidade para impedir o gol colorado na pequena área, após desvio no rebote da penalidade.O Fluminense venceu o América-MG pela primeira vez no Brasileirão e o atacante Fred foi o autor do gol da partida.

Mas, se não fosse pelo goleiro mineiro João Ricardo, o meia Gustavo Scarpa também poderia ter anotado seu nome na história do confronto entre as equipes. Quando já vencia por 1 a 0, o time tricolor apostou nos contra-ataques.

E foi em uma das muitas chances de matar o jogo, o jovem armador invadiu a área e soltou uma bomba de direita, que o arqueiro do Coelho mandou para escanteio.
.

Fonte: Globo Esporte