diego renan assustaque m…

ARINHOquem não faz..

.só deu elekieza tentadagol manda lembrançacalcanhar e golPênalti e briga de ex-criatura contra criadorempate do leãoA “Lei do Ex” voltou a funcionar, neste domingo, no Mineirão.

O ditado costuma ser citado quando alguns “velhos conhecidos” são decisivos diante de equipes que defenderam em outras oportunidades. O empate por 2 a 2 com o Vitória marcou o reencontro da torcida cruzeirense com vários jogadores que passaram pelo time celeste.

Cinco atletas que começaram a partida deste domingo pelo Rubro-Negro baiano atuaram pela Raposa nos últimos anos. Willian Farias, Diego Renan, Kieza, Dagoberto e Marinho protagonizaram um duelo particular entre o Cruzeiro de “ontem” com a equipe atual.

01diego renan assustaO Leão do técnico Vágner Mancini, que também trabalhou na Toca (entre 2011 e 2012), tinha o ataque formado por um trio de ex-cruzeirenses: Dagoberto, Marinho e Kieza. Logo no primeiro minuto de jogo, Dagoberto, bicampeão brasileiro pelo time celeste, fez boa jogada pela esquerda e chutou.

A bola sobrou para Diego Renan, lateral revelado na base do Cruzeiro, que desperdiçou grande chance para a equipe de Salvador. 01que m.

..

MARINHOLembra do Marinho? Aquele jogador que ficou marcado pela declaração inusitada quando defendia o Ceará. Neste ano, ele deixou a Toca e foi negociado com o Vitória.

O atacante foi justamente quem mais deu trabalho ao ex-clube no jogo. Parado com falta por Bryan, que levou o amarelo com 13 minutos de partida, ele quase abriu o placar aos 18, quando passou por dois marcadores e obrigou Fábio a se esticar e salvar o Cruzeiro.

  01quem não faz..

.Mesmo pressionado, o Cruzeiro encontrou o caminho do gol.

Aos 23 da etapa inicial, Lucas recebeu passe de Arrascaeta e tocou para Alisson abrir o placar no Mineirão.  01só deu eleO Vitória não se abalou.

Novamente, Marinho deixou os marcadores na saudade e chutou forte para outra grande defesa de Fábio. 01kieza tentaPouco depois, foi a vez de Kieza, atacante que defendeu a Raposa em 2010, chutar de dentro da área para mais uma defesa do goleiro cruzeirense.

 01dagol manda lembrançaNo início da etapa final, Dagoberto voltou a dar trabalho à defesa cruzeirense. Pela esquerda, ele ajeitou a bola e chutou de longe para Fábio segurar.

 01calcanhar e golO sustou serviu para despertar a Raposa. Cinco minutos após a tentativa de Dagoberto, Riascos tocou de calcanhar para Arrascaeta ampliar a vantagem cruzeirense no placar.

 01Pênalti e briga de “exs”O Vitória respondeu com Marinho, que foi derrubado por Bryan na área cruzeirense. Pênalti para o Leão baiano.

O atacante queria bater, mas Diego Renan tratou logo de pegar a bola e se encarregar de fazer a cobrança. 01criatura marca no criadorAos 19 do segundo tempo, o lateral-esquerdo bateu no canto direito e deixou o dele no primeiro jogo contra o clube que o revelou.

 01empate do leãoCom um jogador a menos desde o começo do segundo tempo, o Vitória chegou ao empate aos 37 do segundo tempo. Marinho invadiu a área da Raposa, e a bola sobrou para Vander deixar tudo igual no Mineirão, para frustração dos donos da casa.

 Depois do jogo deste domingo, as duas equipes voltam a se encontrar na próxima quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), no Barradão, quando iniciam a disputa por uma vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil. A partida de volta deste confronto está marcada para o dia 20, no Mineirão.

.

Fonte: Globo Esporte