No domingo, o Cruzeiro não conseguiu mais do que um empate contra o Coritiba, no Independência (veja os melhores momentos no vídeo acima). O resultado de 2 a 2, além de manter o time na zona de rebaixamento, evidenciou algumas situações que ainda precisam ser melhoradas para sair da posição incômoda em que se encontra. A bola parada defensiva, por exemplo, falhou no primeiro gol do Coritiba.

A pressão que o time fez não se converteu em gol, outra coisa que precisa melhorar. Após a partida, Mano Menezes apontou algumas outras situações que o time celeste precisa aperfeiçoar para a sequência do Brasileirão, mas disse que isso tem que ser feito com tranquilidade, sem encontrar problemas onde eles não existem.

Não podemos ficar erguendo bola de qualquer jeito na área, facilita para o adversário. Lá de trás, podemos sair com uma qualidade maior.

– A gente não pode criar fantasma que não existe.
A gente não teve a competência necessária pra trabalhar melhor a bola.

Não é
por causa disso, por causa daquilo. Futebol tem muitos termos que se repetem.

Tem que fazer bem, tem que fazer melhor, tem que ter mais trabalho. É logico que tem questões que a equipe precisa trabalhar, e vamos trabalhar nas próximas semanas cheias que temos.

Não podemos
ficar erguendo bola de qualquer jeito na área, facilita para o adversário. Lá
de trás, podemos sair com uma qualidade maior.

Simples, mas bem feitoAlém das correções que precisam ser feitas, Mano falou também sobre o que foi feito nas primeiras semanas de trabalho dele no comando do Cruzeiro. Para ele, a equipe estava armazenando muita informação passada por Paulo Bento, e que neste momento é importante que os atletas faças as coisas de forma mais simples, mas com eficiência.

– O que eu fiz nesse primeiro momento: senti que os jogadores estavam com muita informação sobre a maneira de jogar. Os jogadores não estavam conseguindo realizar muito do que eu sei que eles têm capacidade de fazer.

Tirei essa carga de muita informação para que eles ficassem um pouco mais leves, fizessem coisas mais simples, mas fizessem bem feito, voltassem a recuperar sua confiança. Foi o primeiro caminho.

.

Fonte: Globo Esporte