O técnico português Paulo Bento não durou sequer três meses
no comando do Cruzeiro, e agora o clube mineiro estuda a possibilidade trazer
de volta Mano Menezes à Raposa. Na análise do comentarista Henrique Fernandes,
a demissão de Bento foi uma “surpresa”. Em participação no “Seleção SporTV”,
ele destacou que gostaria de ter visto o trabalho a longo prazo do treinador
estrangeiro, mas disse acreditar que a disponibilidade de Mano no mercado pesou
contra a continuidade da sua passagem.

 
Paulo Bento deixa o Cruzeiro (Foto: Paulo Sérgio/ Light Press)- Cruzeiro trabalha para deixar o Mano Menezes já para a próxima
rodada do campeonato. Cruzeiro não pode perder tempo, precisa de uma pronta
reação no campeonato.

Eu fiquei surpreso com a demissão do Paulo Beto. Há a
pressão do jogo, a situação na tabela é ruim.

Começamos a semana pensando que,
se perdesse a classificação para o Vitória, na quarta, poderia ser demitido. Mas
mesmo depois da derrota para o Sport, vi pressão um pouco menor porque o time
teve boa atuação.

Criou, produziu, conseguiu ser muito mais efetivo (..

.) A
presença de Mano no mercado acelerou a saída do Paulo Bento.

A gente fica
pensando onde ele chegaria se tivesse mais tempo para trabalhar. 
Paulo Bento deixa o Cruzeiro com campanha de seis vitórias,
três empates e oito derrotas.

O comentarista Ricardo Rocha destacou que o
português não conseguiu acertar o lado defensivo da Raposa, apesar de exibir
evolução no ataque. 
– Se você ver o jogo de ontem (domingo, contra o Sport), o
Cruzeiro criou muitas chances, mas foram perdidas.

Isso não é culpa do Paulo
Bento. Jogou muito bem.

Vi um jogo do Cruzeiro contra o Santa Cruz, em Recife.
Fez um “jogaço”, mas perdeu de 4 a 1.

Acho que tinha uma dificuldade
defensivamente, deixava alguns espaços. Mas vi um Cruzeiro ofensivamente trabalhando
bem a bola.

Mas sempre teve problema principalmente jogando em casa, com
contra-ataques. 
O Cruzeiro vive momento delicado na tabela do Campeonato
Brasileiro, na 19ª colocação, com 15 pontos.

O time espera fechar com Mano
ainda nesta segunda-feira – ele foi demitido do Shandong Luneng em junho. A
Raposa volta a campo diante do Santos, pela 17ª rodada do Brasileirão, na Vila
Belmiro, às 16h (de Brasília), no próximo domingo.

.

Fonte: Globo Esporte